Principal Últimas Sommeliers de vacina: 66 pessoas que tentaram escolher imunizante da Covid vão para fim da fila em Criciúma
Sommeliers de vacina: 66 pessoas que tentaram escolher imunizante da Covid vão para fim da fila em Criciúma

Sommeliers de vacina: 66 pessoas que tentaram escolher imunizante da Covid vão para fim da fila em Criciúma

0
0

Criciúma já puniu 66 pessoas que tentaram escolher o fabricante da vacina contra Covid-19. Um decreto assinado pelo prefeito do município do Sul de SC, Clésio Salvaro (PSDB), na última semana, colocou no fim da fila da imunização os “sommeliers”.

Segundo o decreto, quem se recusar a ser vacinado com o imunizante disponível tem que assinar um termo de responsabilidade. Caso a pessoa não queira se identificar, dois profissionais da saúde fazem a notificação do caso.

Dados da prefeitura localizaram 841 pessoas que se recusaram a tomar vacina desde o início da campanha de vacinação. Esse foi um dos motivos para a elaboração do decreto punitivo.

– O Sistema Único de Saúde (SUS) é muito claro, tem que ter igualdade de todos. Por que um vai esperar determinado tipo de laboratório e o outro vai vacinar? – disse o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande em entrevista à NSC TV.

Outra medida também foi adotada para barrar os “sommeliers da vacina”. Foi estabelecido um prazo de cinco dias para que as pessoas chamadas para a vacinação procurem os postos. Quem não justificar o motivo da ausência no período também será colocado no final da fila.

Vacinação em Criciúma

Até quinta-feira (8), 92.270 receberam a primeira dose da vacina contra Covid. Mais de 73 mil pessoas no município já completaram o esquema vacinal. Os dados são da prefeitura de Criciúma.

Com informações do NSCTotal