Principal Últimas Em Destaque Servidores são exonerados depois de prisão por furto em Imbituba; prefeitura abrirá sindicância para apurar os fatos
Servidores são exonerados depois de prisão por furto em Imbituba; prefeitura abrirá sindicância para apurar os fatos

Servidores são exonerados depois de prisão por furto em Imbituba; prefeitura abrirá sindicância para apurar os fatos

0
0

O material furtado da prefeitura de Imbituba está avaliado, segundo nota fiscal, em R$ 8,1 mil

Dois servidores da prefeitura de Imbituba foram exonerados dos cargos neste fim de semana. Eles são suspeitos de furto de luvas cirúrgicas da secretaria de Saúde do município. Um deles, homem de 39 anos, foi preso em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, sábado. Com ele, foram apreendidas 450 caixas de luvas cirúrgicas. 

O envolvido, que foi detido na BR-158 por policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas, confessou que furtou, neste fim de semana, fora do horário de expediente, 450 caixas de luvas cirúrgicas da sede da secretaria (cada caixa contém 100 luvas). Ele ainda disse, em depoimento, que revenderia a mercadoria a um receptador no Estado Gaúcho. O material furtado da Prefeitura de Imbituba está avaliado, segundo nota fiscal, em R$ 8.100,00.

O autor do crime, que responderá judicialmente por peculato, estava em um veículo de outro servidor comissionado da Prefeitura de Imbituba. Ambos serão exonerados sumariamente pela administração municipal. A polícia civil descobriu a ação criminosa após a denúncia de que o automóvel estaria transportando drogas, mas, a informação não se confirmou.

Diante da situação, o prefeito Rosenvaldo Júnior determinou a exoneração dos dois. “Além disso, instauramos sindicância para apurar todos os fatos e vamos punir com todo rigor, uma vez que se não bastasse o fato em si, o momento atual, onde estamos trabalhando a fim de minimizar os ônus deste período tão difícil para a humanidade, qualquer tipo de ação que desonere a população precisa ser exemplarmente cabível de penalidade”, afirma o prefeito.

Um levantamento de todo o estoque da Secretaria de Saúde será realizado, para verificar qualquer outro dano ao patrimônio público.

Em colaboração com o HCNoticias