Principal GERAL Prefeitura contrata sanitização para ambientes da área de Saúde
Prefeitura contrata sanitização para ambientes da área de Saúde

Prefeitura contrata sanitização para ambientes da área de Saúde

0
0

Após reunião do Comitê de Crise, na tarde de domingo (22), o prefeito Joares Ponticelli e o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Daisson Trevisol, anunciaram a contratação de empresa especializada para efetuar o processo de sanitização dos ambientes de atendimento do sistema de saúde do município.

Dois processos serão utilizados pelo município. O primeiro é a sanitização manual, com produto à base de amônia, que será aplicado nas Unidades Básicas de Saúde, Policlínica, postos de vacinação da gripe H1N1 e nas entradas principais dos hospitais Nossa Senhora da Conceição e Socimed, além de algumas clínicas que atendem casos de suspeita de novo coronavírus. Esse processo aumenta a desinfecção de superfícies, auxiliando na higienização diária que já é feita nesses ambientes. Todas as unidades passarão pelo processo, a partir do final da tarde desta segunda-feira (23), recebendo reforços necessários.

O outro processo contratado é conhecido como oxi-sanitização. Trata-se de uma aplicação feita por uma máquina especial, que espalha no ambiente fechado uma carga de ozônio, que age na desinfecção de todo o local. Esse tipo de sanitização será feito apenas nas UBSs e na Policlínica, sendo realizada após o expediente. Em ambas as aplicações, os profissionais podem utilizar os locais normalmente, pouco tempo depois de ocorrerem os processos.

A prefeitura de Tubarão descartou a sanitização em logradouros públicos, como ocorre em alguns municípios catarinenses. Um dos motivos foi a recomendação da Federação Catarinense de Municípios – FECAM, que por nota técnica, desaconselhou tal aplicação, pois se mostra ineficiente contra o novo coronavírus. “Não há eficácia e sequer necessidade desta medida para a contenção da contaminação pela Covid-19. As únicas medidas eficazes são as recomendadas pelas autoridades em saúde: isolamento social, medidas de higiene e cuidados específicos, uma vez que o vírus é repassado pelo contato direto, toque, tosse, espirro, etc.” determina a nota.

Outra questão levada em conta foi o decreto que determina o isolamento social. Já que as pessoas são orientadas a ficarem em suas casas, não há motivos para desinfectar ruas e praças.

O prefeito Joares Ponticelli concordou com a sanitização apenas dos locais onde há movimento de profissionais de saúde e pacientes, evitando possíveis contaminações. “A sanitização e a oxi-sanitização vão contribuir para a proteção de nossos profissionais e dos pacientes que acessam os ambientes de saúde do município. Nossa principal preocupação hoje é frear a escalada do novo coronavírus e, para isso, insistimos em pedir à população que fique em casa. Por outro lado, estamos adotando todas as medidas que possam ser eficazes, para vencermos essa verdadeira guerra” defende o prefeito.