Principal Últimas Porto de Imbituba consolida embarques de minério de ferro
Porto de Imbituba consolida embarques de minério de ferro

Porto de Imbituba consolida embarques de minério de ferro

0
0

A operação inaugural de 41,4 mil toneladas foi realizada no navio NORDIC STAVANGER, que tem como destino final o Porto de Ijmuden, na Holanda

Foi concluído esta semana no Cais 3 do Porto de Imbituba o embarque piloto de um projeto de exportação de minério de ferro que chega para se estabelecer no portfólio de cargas atendidas pelo complexo portuário, com projeção de movimentação de 400 mil toneladas nos próximos 5 meses. A operação inaugural de 41,4 mil toneladas foi realizada no navio NORDIC STAVANGER, que desatracou na noite deste domingo (1) e tem como destino final o Porto de Ijmuden, na Holanda. 

Com cerca de 190 metros de comprimento, a embarcação zarpou com 4 porões carregados de minério. A operação portuária esteve a cargo da ILP e o navio foi agenciado pela Orion.

Para o gerente comercial da Autoridade Portuária, Rui Roberti, trata-se de uma grande conquista para o Porto de Imbituba. “Representa a diversificação das cargas, em sintonia com as diretrizes de exploração dos portos. Sedimentando-se a carga, trataremos de estabilizá-la por meio de um arrendamento de longo prazo”, destaca Roberti.

A atração dessa nova carga já repercute na qualificação da estrutura do porto. A Sul Norte Logística, operadora portuária, está concluindo um armazém de lona de 6.400 m² e construirá mais dois módulos 5.600 m² na retaguarda do Cais 3, especificamente para atender essa carga. A área ainda permite a expansão do projeto, caso necessário. Segundo Juliano Franco, gerente Administrativo da empresa, esta oportunidade de mercado tem um importante impacto social local na geração de empregos, com o aumento inicial de 20% no quadro de funcionários, apenas da Sul Norte, podendo abrir ainda mais vagas, dependendo do aumento de volume movimentado.

Eficiência logística e geração de renda 

A carga agora embarcada via Porto de Imbituba tem origem em Corumbá, Mato Grosso do Sul, e chega pelo modal rodoviário. Antes o minério era escoado por hidrovia para a Argentina e Uruguai e depois seguia para a Europa por navegação marítima. Para o diretor-presidente do Porto de Imbituba, Luís Antonio Braga Martins, “a transferência logística de uma operação dessa magnitude de outros países para o Brasil impacta positivamente no desenvolvimento do próprio país, mantém os negócios e a renda no âmbito interno, beneficia diversas famílias com emprego e fomenta as empresas”.

“O Porto de Imbituba tem posicionamento estratégico no sul do Brasil, e oferece excelentes condições para a operação em lide, no que tange às facilidades portuárias. Fato este que demonstra estarmos no caminho certo”, ressalta Fábio Riera, diretor de Infraestrutura e Logística do porto.

Com informações do HCNoticias