Principal Últimas Planta descoberta na Mata Atlântica em SC está ameaçada de extinção
Planta descoberta na Mata Atlântica em SC está ameaçada de extinção

Planta descoberta na Mata Atlântica em SC está ameaçada de extinção

0
0

Estreitamente endêmica da Mata Atlântica subtropical, a Ludwigia humboldtiana (Onagraceae) foi localiza em Corupá, no Norte de Santa Catarina, e descrita pela primeira vez em 2020.

A espécie habita rochas úmidas ao longo das margens dos rios, em locais permanentemente úmidos devido a constantes respingos e é aparentemente resistente a inundações ocasionais.

A planta é classificada como criticamente ameaçada de extinção, de acordo como a União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN).

“A espécie a primeira vista parece uma planta comum, praticamente todas as espécies mais comuns de Ludwigia na nossa região (nome popular Cruz-de-malta) tem flores grandes, com quatro pétalas e amarelas”, explica o biólogo mestre em botânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), consultor em curadoria do Herbário Barbosa Rodrigues em Itajaí, Luís Adriano Funez. Descrita pela equipe catarinense, o achado foi publicado na revista científica internacional da Nova Zelândia Phytotaxa.

Segundo Funez, os detalhes que chamam atenção são o hábito mais rastejante da planta e os caules que apresentam alas, ou seja, extensões de lâmina foliar ao longo do caule. “Isso não ocorre em outra espécie do mesma seção no gênero, mas é comum em plantas de um grupo distinto dentro do mesmo gênero”, disse.

Com informações do G1