Principal Últimas PF prende três pessoas e fecha casa de câmbio em SC em operação contra tráfico de armas e drogas
PF prende três pessoas e fecha casa de câmbio em SC em operação contra tráfico de armas e drogas

PF prende três pessoas e fecha casa de câmbio em SC em operação contra tráfico de armas e drogas

0
0

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta quinta-feira (12) três mandados de prisão em Santa Catarina, como parte da Operação Expresso 80, que foi deflagrada no Paraná e tem como alvo o tráfico de armas e drogas. Duas prisões ocorreram em Balneário Camboriú, e uma em Joaçaba.

Também foram cumpridos no Estado sete mandados de busca e apreensão. Uma casa de câmbio foi fechada em Balneário Camboriú por ordem judicial.

Ao todo, foram cumpridos 92 mandados em cidades do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais – 23 são mandados de prisão preventiva, um de prisão temporária, 32 mandados de busca e apreensão, 29 de sequestro de bens e bloqueio de valores, além de sete mandados de suspensão de atividade comercial e lacração de estabelecimento. Todos foram expedidos pela 1ª Vara da Justiça Federal de Ponta Grossa (PR).

De acordo com a PF, o grupo investigado utilizava empresas de aluguel de veículos e de transporte rodoviário de passageiros para movimentar drogas e armas por vários pontos do país. O material ilícito era transportado em fundos falsos de ônibus e vans de turismo, que pertencem às empresas comandadas pelo líder da organização.

O grupo criminoso é investigado há mais de um ano, desde a apreensão de um ônibus carregado com 1,7 tonelada de maconha e dois fuzis calibre .556, que ocorreu no dia 4 de maio de 2020 em Ponta Grossa (PR). Desde então, foram apreendidos diversos carregamentos de drogas e armas de fogo vindas do Paraguai que a apuração identificou pertencerem à quadrilha.

O nome da operação faz referência aos fuzis que foram apreendidos ao longo da investigação. As armas eram montadas com 80% das peças compradas sem registro. O objetivo dos criminosos era dificultar o rastreamento.

Com informações de Dagmara Spautz / NSCTotal