Principal Blog Nilton Veronesi Pedro Uczai (PT), Celso Maldaner (MDB) e Daniel Freitas (PSL) foram os deputados de SC mais “gastões” durante a pandemia
Pedro Uczai (PT), Celso Maldaner (MDB) e Daniel Freitas (PSL) foram os deputados de SC mais “gastões” durante a pandemia

Pedro Uczai (PT), Celso Maldaner (MDB) e Daniel Freitas (PSL) foram os deputados de SC mais “gastões” durante a pandemia

0
0

A cota parlamentar é o valor que os membros do Poder Legislativo (deputados federais e estaduais, senadores e vereadores) têm direito a receber para cobrir despesas em função da sua atividade como parlamentar (agente público). O nome atual usado para se referir ao benefício é Cota para Exercício de Atividade Parlamentar (CEAP), na Câmara dos Deputados, e Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar dos Senadores (CEAPS), no Senado Federal.

Foi apelidado de “cotão” e, resumindo, é uma grana utilizada pelos parlamentares para custear combustível, telefone, pagamento de aluguel de escritórios em suas bases, serviços postais, locação de veículos, etc. Sim, os deputados além de receberem um generoso salário, eles tem suas despesas pagas com o nosso dinheiro.

Chama a atenção a diferença entre os mais gastões, em relação aos mais econômicos. Pedro Uczai (PT) gastou sete vezes mais que o deputado do Novo, Gilson Marques. Os valores são referentes às despesas de março de 2020 a março de 2021, período de pandemia e que muitos sequer foram ao Congresso, pois os trabalhos foram realizados por home-office.

Convenhamos, é um deboche com nossas caras.

Pedro UczaiR$ 370.841,31
Celso MaldanerR$ 277.350,41
Daniel FreitasR$ 276.706,70
Fabio SchiochetR$ 254.533,30
Hélio CostaR$ 244.098,07
Geovania de SáR$ 241.518,11
Carlos ChiodiniR$ 218.776,38
Angela AminR$ 214.339,71
Ricardo GuidiR$ 194.295,14
Darci de MatosR$ 164.124,21
Rogério Peninha MendonçaR$ 160.232,00
Rodrigo CoelhoR$ 131.581,10
Carmen ZanottoR$ 118.800,89
Coronel ArmandoR$ 108.438,86
Caroline de ToniR$ 58.003,63
Gilson MarquesR$ 51.740,63
TotalR$ 3.085.380,45