Principal SEGURANÇA Operação apreende 648 quilos de drogas em Imbituba e região
Operação apreende 648 quilos de drogas em Imbituba e região

Operação apreende 648 quilos de drogas em Imbituba e região

0
0

Uma operação denominada “Bravo Zulu” foi deflagrada na madrugada desta sexta-feira (16), em Imbituba, para prender integrantes de uma organização criminosa responsável por movimentar o tráfico de drogas em Imbituba, Garopaba e região. O trabalho, que contou com a participação de cerca de 40 policiais federais, 30 policiais civis e 20 policiais militares, resultou no cumprimento de 16 mandados de prisão e 18 mandados de busca e apreensão.

O alvo eram lideranças e pessoas responsáveis por diversas atividades ilícitas, como tráfico de drogas, associação para o tráfico, furto, receptação, porte de arma de fogo e munições, falsificação de documentos e adulteração de sinais e características de veículos, organização criminosa e corrupção de menores, com penas que podem chegar a cerca de 30 anos de prisão.

Ao longo das investigações, foi possível identificar pessoas ligadas à organização, bem como automóveis, residências e inclusive um avião de pequeno porte adquiridos e mantidos pelos criminosos. As informações levantadas apontam para a existência de um esquema de ocultação da origem dos recursos obtidos com as atividades ilícitas, por meio de empresas administradas pelos integrantes do grupo.

Durante a operação foram apreendidos 637 quilos de maconha, nove quilos de cocaína, dois kg de crack e cerca de 1.500 comprimidos de ecstasy, além de armas, munições e veículos. Após o cumprimento dos mandados, os envolvidos foram conduzidos para delegacia de Polícia Civil de Imbituba, junto com os materiais apreendidos.

“O sucesso do “Bravo Zulu” só foi possível graças à união de esforços dos diferentes órgãos do sistema de segurança pública. As Polícias Militar, Civil e Federal, demonstraram ao longo da operação efetivamente que, apesar das dificuldades enfrentadas pela segurança pública no país, é possível fazer frente ao crime organizado através, principalmente, da união de esforços e compartilhamento de informações entre as instituições”, relatou o sub-comandante da PM de Imbituba, tenente Robson Joubert dos Santos.

O nome da operação é referência a um código de bandeiras utilizados pelos aliados durante a II Guerra Mundial para permitir a atuação conjunta de diferentes forças militares. Através deste código, a expressão era utilizada para afirmar que uma tarefa foi realizada com sucesso, podendo ser traduzida como a expressão “bem feito”.

Foto: Polícia Civil