Principal GERAL Obra de esgotamento sanitário na Cigana é cancelada após audiência pública
Obra de esgotamento sanitário na Cigana é cancelada após audiência pública

Obra de esgotamento sanitário na Cigana é cancelada após audiência pública

0
0

A comunidade da Cigana, em Laguna, durante Audiência Pública, promovida pela Câmara Municipal de Vereadores, na terça-feira (6) rejeitou a implantação de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) que também atenderia o Farol de Santa Marta. Com ânimos acirrados, a palavra de ordem dos moradores era: “Não queremos esgoto na lagoa”.

O presidente da Câmara de Vereadores, Cleosmar Fernandes, abriu a sessão fazendo uma breve explanação e, em seguida, passou a palavra ao prefeito Mauro Vargas Candemil. Mauro mencionou a importância da obra que beneficiaria toda aquela região e salientou, “é importante frisar que sem o saneamento básico, a regularização fundiária ficará estagnada e a saúde da população poderá ser comprometida”.

O diretor de operação e meio ambiente da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), Paulo Roberto Meller, falou da importância da implantação do sistema de esgotamento sanitário e que o saneamento básico traria mais qualidade de vida para todos. “Enfatizando o mais importante: a lagoa não seria poluída, pois o projeto desta ETE é um dos mais bem desenvolvidos da Casan”, explicou.

Após longo debate e a resistência da comunidade, o diretor presidente da Casan, Valter José Galinna decidiu por implantar o sistema somente na comunidade do Farol de Santa Marta. Uma equipe técnica será destinada para avaliar o novo local e adequar o projeto.

Foto: Prefeitura de Laguna