Principal Últimas Em Destaque Obra de desassoreamento da Barra do Camacho tem 14 empresas habilitadas
Obra de desassoreamento da Barra do Camacho tem 14 empresas habilitadas

Obra de desassoreamento da Barra do Camacho tem 14 empresas habilitadas

0
0

A obra de desassoreamento da Barra do Camacho, em Jaguaruna, está mais perto de sair do papel. Segundo a prefeitura, 14 empresas se habilitaram para executar os trabalhos, conforme previsto na licitação. O investimento será superior a R$ 10 milhões, por meio de um convênio entre o município e o governo do Estado. As informações são do jornal Diário do Sul.

O projeto foi elaborado em parceria com a Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) e, após ser conhecida a empresa que fará o serviço, a obra deve estar pronta em até um ano. “Em dez dias, a documentação deve ser entregue para dar seguimento no processo”, explicou o prefeito de Jaguaruna, Laerte Silva.

O canal que liga a lagoa de Jaguaruna até o mar ficou seco devido ao acúmulo de areia, o que impede a circulação de peixes, causando a morte de algumas espécies e prejudicando a prática da pesca. Na região de Jaguaruna, aproximadamente 1,5 mil famílias são sustentadas por pescadores da Barra do Camacho. A obra no canal vai refazer a ligação da lagoa com o oceano por meio da barra.

Para realizar o desassoreamento, será preciso efetuar a dragagem para a retirada de aproximadamente 200 metros cúbicos de areia da Barra do Camacho e a construção de um enrocamento, que são barreiras de pedras dos dois lados do canal da lagoa até o mar.

Este ano, veranistas e pescadores realizaram um protesto pedindo por agilidade no desassoreamento do local. Em um ato simbólico, os manifestantes começaram a tirar areia do local com o uso de pás e carrinhos de mão. Uma obra paliativa chegou a ser feita.

Com informações do Diário do Sul / Sul Agora