Principal Últimas Em Destaque Obra da Ponte é liberada pelo governador em ato com a presença do prefeito de Capivari de Baixo
Obra da Ponte é liberada pelo governador em ato com a presença do prefeito de Capivari de Baixo

Obra da Ponte é liberada pelo governador em ato com a presença do prefeito de Capivari de Baixo

0
0

Capivari de Baixo teve, no início da noite desta segunda-feira (29), a confirmação de uma notícia que aguardava há quase três décadas, quando conquistou a emancipação político-administrativa de Tubarão.

Em ato com a presença do governador Carlos Moisés da Silva, na Casa d’Agronômica, em Florianópolis, o anfitrião liberou as obras da Ponte Stélio Cascaes Boabaid, que ligará a cidade termelétrica pelo bairro Santo André a Tubarão (no bairro Passagem).

A construção será erguida pela empresa vencedora da licitação, a Traçado, de Erechim (RS), que apresentou proposta de R$ 18.663.163,86, quase R$ 2 milhões abaixo do valor previsto. O projeto prevê uma travessia com 200 metros de extensão, quatro pistas e ciclovia.

A assinatura da liberação dos recursos contou com a participação dos prefeitos Dr. Vicente Corrêa Costa, e, pelo lado tubaronense, Joares Ponticelli, além de várias lideranças da Associação Municípios Região de Laguna (Amurel) – que esteve à frente do projeto desde o início das discussões -, da Assembleia Legislativa e de alguns secretários de Estado.

Para o Dr. Vicente, este é o momento de o Sul catarinense aproveitar os aportes financeiros investidos e conquistados com o governo do Estado. “O que estamos vendo hoje é o que o Norte pode presenciar há quase duas décadas. Hoje foi um dia marcante para nossa região, principalmente”, resume o chefe do Executivo capivariense.

Além da autorização à obra da chamada Ponte da Amizade, Moisés também confirmou recursos de aproximadamente R$ 85 milhões para pavimentação asfáltica da rodovia Aggeu da Silva Medeiros (também conhecida como estrada do Corredor), entre Tubarão e Laguna. São 24 quilômetros de extensão, dos quais 11 são na Cidade Azul e 13 na Terra de Anita, sendo o último trecho da conhecida rota Serra-Mar.

No ato desta segunda, também houve liberação de obras em Jacinto Machado e em Praia Grande. De acordo com o diretor executivo da Amurel, Celso Heidemann, na próxima quarta-feira (1º), deverá ser assinada a ordem de serviço na Associação, mas ainda falta a confirmação da empresa. Neste dia, Moisés não terá agenda para participar. “Nunca houve tanto investimento do governo do Estado para o Sul catarinense, e não é coisa de bairrista, haja visto que há vultosos aportes financeiros em todas as regiões de Santa Catarina, inclusive com recurso nosso sendo transferido ao governo brasileiro para obras da esfera federal dentro de Santa Catarina”, ressai Moisés.