Principal GERAL Nobel da Paz integra Centro de Desenvolvimento Sustentável da Unisul
Nobel da Paz integra Centro de Desenvolvimento Sustentável da Unisul

Nobel da Paz integra Centro de Desenvolvimento Sustentável da Unisul

0
0

Os pesquisadores do Greens, assim como o professor Benny, realizaram palestras durante o evento científico internacional. O professor Baltazar de Andrade Guerra apresentou The results of Project Bridge in Brazil: Impacts through Research, Innovation and Outreach (Os resultados do Project Bridge no Brasil: impactos através da pesquisa, inovação e divulgação). Na sequência, o professor Issa Ibrahim Berchin, dissertou sobre University campuses as town-like institutions:  Promoting sustainable development in cities using the Water-Sensitive Urban Design (Campus universitários como instituições urbanas: Promovendo o desenvolvimento sustentável nas cidades usando o design urbano sensível à água). Já, João Marcelo Pereira Ribeiro e Samara da Silva Neiva, trataram de Identifying and overcoming obstacles to the implementation of Green Campus (Identificando e superando obstáculos para a implementação do Green Campus).

O professor Benny Dembitzer apresentou o seu mais recente livro The Famine next door: Africa is burning and the West is watching (A Fome ao lado: a África está queimando e o Ocidente está assistindo) e destacou que as sociedades são centralizadas. “Nossas sociedades são altamente urbanas, metropolitanas e centralizadas. Não entendemos mais sociedades que estão em diferentes níveis de desenvolvimento e que países pobres não têm estruturas para enfrentar seus desafios. Precisamos ajudar através de parcerias reais em todos os níveis – não algumas injeções aqui e ali. O maior de todos é a mudança no planejamento e manejo da terra, e coloca a agricultura no centro do desenvolvimento”.

Em setembro deste ano, o professor Benny virá ao Brasil para palestrar na Aula Magna do Simpósio Mundial de Desenvolvimento Sustentável: Os Nexos entre Água-Energia e Alimentos, promovido pelo Projeto Bridge e organizado pela Unisul e Universidade de Cambridge.

 

O grupo de pesquisadores da Unisul, que participou neste evento científico Internacional, na Universidade de Cambridge, foi integrado pelos professores José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra (diretor do Greens e professor permanente dos mestrados em Administração e Ciências Ambientais da Unisul), João Marcelo Pereira Ribeiro (mestre em Administração pela Unisul), Issa Ibrahim Berchin (Mestre em Administração pela Unisul) e Samara da Silva Neiva (mestranda do Programa de Pós-Graduação em Administração da Unisul).

A organização deste evento e a participação da Unisul, contou com o fomento da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), através do Fundo Newton e foi resultado das pesquisas no âmbito do projeto ‘Bridge: construindo resiliência numa economia global dinâmica; complexidade no nexo entre alimentos-água e energia no Brasil’. Que reúne as universidades de Cambridge, no Reino Unido, e a Unisul, e que conta com o fomento das: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fundo Newton e Research Councils United Kingdom (RCUK).

 

Projeto Bridge

O projeto Bridge: construindo resiliência numa economia global dinâmica, complexidade no nexo entre alimentos-água e energia no Brasil’ é coordenado pelo Grupo de Pesquisa Greens, liderado pelos professores Baltazar D´Andrade Guerra e Rafael Ávila Faraco.

O Greens reúne cerca de 30 pesquisadores, do Brasil, Canadá, Reino Unido e Estados Unidos da América, das seguintes Universidades: Unisul, UFSC, Universidade de Cambridge (Reino Unido), Universidade de Manitoba (Canadá) Universidade de Liverpool (Reino Unido) e tem como linhas de pesquisa: Mudanças climáticas e desenvolvimento Sustentável, o nexos entre água-alimentos e energia, educação ambiental e Green campus, cidades sustentáveis, Justiça Ambiental e Refugiados Climáticos, gênero e sustentabilidade.

Benny Dembitzer, Nobel da Paz, já foi o diretor europeu do International Phisicians against Nuclear War, laureados em 1985, com o prêmio Nobel da Paz, economista do desenvolvimento e diretor do Grassroots Africa.