Principal GERAL Não teremos lockdown na Amurel
Não teremos lockdown na Amurel

Não teremos lockdown na Amurel

0
0

Não teremos lockdown na Amurel, exceto se a justiça acatar o pedido do Ministério Público de Santa Catarina, conforme publicamos ontem (10). Não é uma informação oficial das prefeituras. São várias informações pescadas em entrevistas que realizei durante a semana e informações que tive de empresários.

Vou pontuar estas informações que recebi.

  • O prefeito de Tubarão afirmou a empresários que não fecharia comércio, indústria e serviços em uma reunião realizada na quarta-feira(10).
  • Prefeitos da “região de Criciúma” decidiram por unanimidade não decretar lockdown e alguns prefeitos da Amurel, já haviam afirmado que só aceitariam o fechamento de tudo se a Macro Região Sul (Amurel, Amrec e Amesc) tomasse essa decisão em conjunto.
  • Em entrevista ao programa Papo Café nesta semana, o prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten,afirmou o seguinte, “sobre fechamentos, eu não tenho dúvida alguma, que o vírus não está no comércio e na indústria. Como disse o prefeito de Lages, Antônio Ceron (PSD), o vírus está nas aglomerações, nas festas. Esteve no carnaval. Estava no final de semana, por exemplo, num lockdown decretado pelo Governo do Estado, numa grande festa realizada no Costão do Santinho, então aí está o problema. Seria muito injusto a Amurel fechar 7 dias e regiões próximas como a Amrec e Amesc não tomarem a mesma medida. Braço do Norte está a 25km de Orleans e estamos a 33km de Tubarão. Estou citando Braço do Norte, mas Sangão pode citar Morro da Fumaça e aí por diante.” Tem como tirar a razão do prefeito de Braço do Norte?
  • Frase de um secretário de saúde da região, logo após o decreto estadual – sem lockdown – ser publicado, “se o governador não decretou, esquece lockdown.”
  • Até a reunião que seria nesta quinta-feira(11), como ficou agendado, não foi realizada. “Acho que o pessoal está esperando a justiça definir algo na ação do Ministério Público, se definirmos algo, será amanhã.”

Por esses motivos elencados, mesmo com a pressão da classe médica, hospitais, etc. O prefeitos da Amurel deverão somente avalizar o mini lockdown proposto pelo “Governo Moisés.”

Imagem do sistema de Monitoramento MonitorAll, às 18h, no Centro de Tubarão. O distanciamento no comércio já está sendo feito ao natural, pois não tem movimento algum.