Principal Últimas Em Destaque Monitoramento de baleias reúne estudantes de diferentes regiões do Brasil em Imbituba
Monitoramento de baleias reúne estudantes de diferentes regiões do Brasil em Imbituba

Monitoramento de baleias reúne estudantes de diferentes regiões do Brasil em Imbituba

0
0

Estudantes de biologia e outras áreas de pesquisa da vida marinha se instalaram na Capital Nacional da Baleia Franca, a cidade de Imbituba, para atuar no projeto Pro Franca/Instituto Australis. A iniciativa realiza o monitoramento dos cetáceos no berçário das baleias em Santa Catarina.

São 15 pontos monitorados entre Laguna e Palhoça. O programa conta com estagiários das regiões Norte, Nordeste e Sudeste do país. Eles avaliam a sazonalidade e comportamento das baleias-francas na região. Cerca 400 acadêmicos concorreram ao processo seletivo para as 15 vagas do projeto.

A estudante de ciências biológicas, Alessandra Leonardo, revela que a experiência está sendo inovadora: “É uma vivência diferente, mais que estudar baleias, estou percebendo os outros desafios que vão fazer parte de minha formação”, explica a futura bióloga, natural de Recife.

A atuação dos estagiários é na APA (Área de Proteção Ambiental) da Baleia-Franca. O projeto conta com recursos da Petrobras.

Confira onde ocorre o monitoramento

Palhoça: Guarda do Embaú, Pinheira de Cima e Pinheira de Baixo
Garopaba: Garopaba, Siriú e Gamboa
Imbituba: Itapirubá Norte, Praia da Vila, Porto, Praia d’água, Ribanceira, Ibiraquera, Luz e Rosa
Laguna: Praia Grande e Prainha, Cardoso, Cigana, Mar Grosso, Praia do Gi, Praia do Sol e Itapirubá Sul

A rota da Baleia-franca

É no período de julho a novembro que os cetáceos são registrados no litoral de Santa Catarina. As fêmeas buscam águas mais calmas e quentes na região. A interação desses animais próximo à costa, é um comportamento particular que acontece somente no litoral catarinense.

“É uma estratégia que elas têm para se proteger contra predadores, e para a economia energética”, ressalta o gerente de pesquisa do Pro Franca, Eduardo Renault.

A temporada de amamentação dos filhotes vai até o terceiro mês de vida. O período é de desenvolvimento de atividade motora e crescimento desses animais.

A expectativa é que pelo menos 100 baleias sejam avistadas até o fim da temporada em Santa Catarina.

Com informações do site ND Mais