Principal GERAL Mesmo com a liberação, missas em Tubarão permanecem sem fiéis
Mesmo com a liberação, missas em Tubarão permanecem sem fiéis

Mesmo com a liberação, missas em Tubarão permanecem sem fiéis

0
0

O governo de Santa Catarina anunciou a abertura de igrejas e templos religiosos nesta segunda-feira (20), porém com regras de distanciamento e com 30% da capacidade de público. Nas portas, deve haver um fiel fiscalizando a entrada dos cidadãos e material para higienização das mãos, os bancos precisam ser ocupados intermitentemente, ou seja, um sim o outro não, e a distância de 1,5 metros entre as pessoas deve ser respeitada. Diante das considerações da Portaria, o bispo da diocese de Tubarão, Dom João Francisco, revela que apesar da liberação, as igrejas no município não vão abrir.

“Nós não temos condições de cumprir todas as medidas. Então o apelo que faço é que todos compreendam. Nós temos saudades das liturgias, das missas cheias com a liturgia bonita e louvor, os encontros, as pastorais, nós gostaríamos de ver tudo isso funcionando. Porém, do que adianta nós termos tudo isso agora, provocar a contaminação, mortes e, depois, quando tudo isso tiver passado, não podemos todos nos encontrar, porque alguns partiram? Então, é melhor que nós continuemos com nossa prática, as celebrações sendo transmitidas por meios virtuais, tv, rádio, vamos organizando nas paróquias os trabalhos voluntários para ajudar os necessitados”, destaca o bispo.