Principal Últimas Em Destaque Mercados de Tubarão que vendiam alimentos vencidos e com fungo não têm alvará
Mercados de Tubarão que vendiam alimentos vencidos e com fungo não têm alvará

Mercados de Tubarão que vendiam alimentos vencidos e com fungo não têm alvará

0
0

Os dois supermercados de Tubarão, no Sul catarinense, onde foram encontrados produtos fora da validade, vencidos e com fungo não têm alvará da Vigilância Sanitária, segundo a Polícia Civil. Uma operação na segunda-feira (4) acabou apreendendo quase uma tonelada de produtos nas unidades e prendeu o dono dos estabelecimentos.

Segundo o delegado Rubem Teston, responsável pelas investigações, foram encontrados produtos vencidos há três meses.

Carnes sem embalagem e rótulo também estavam no local. Nessas condições, segundo o delegado, o produto não poderia ser veiculado a notas fiscais e não poderia ser rastreado em relação ao frigorífico e ao controle de vencimento.

A Vigilância Sanitária de Tubarão informou que o alvará é anual e que os mercados estavam com os documentos atrasados. Foi dado um prazo para que eles regularizem a situação. Para a emissão do documento, segundo o órgão, é necessária uma vistoria.

A operação foi realizada pela Delegacia de Delitos de Trânsito, Delitos contra o Consumidor e de Crimes Ambientais (DTCA), com apoio da Vigilância Sanitária de Tubarão e da Cidasc. Ao todo, 900 kg de produtos foram apreendidos, segundo a polícia.

O dono dos mercados foi preso em flagrante pelo crime de vender, ter em depósito ou expor mercadorias em condições impróprias para o consumo. A pena é de dois a cinco anos de detenção.

Com informações do NSCTotal