Principal Últimas Em Destaque Mercado Franciele: “Temos alvará e não vendemos carne sem procedência”
Mercado Franciele: “Temos alvará e não vendemos carne sem procedência”

Mercado Franciele: “Temos alvará e não vendemos carne sem procedência”

0
0

O Supermercado Franciele, de Tubarão, que foi alvo de uma operação realizada pela Polícia Civil nesta segunda-feira (4), e teve quase uma tonelada de mercadorias apreendidas prestou uma nota de esclarecimento em seu perfil na rede social Instagram, confira;

Nota de esclarecimento


1° A mídia e as pessoas falam mais do que sabem e não buscam saber a verdade.


2° A esses 900kg de carne(linguiça, carnes suínas e bovinas). As linguiças, que foi a maior parte apreendida, estavam na embalagem como resfriadas e foram congeladas para não perderem a qualidade. Isso para a vigilância não é permitido. As carnes suínas vêm em sacos grandes. Foram tiradas da embalagem original e colocadas em bandejas para serem expostas aos clientes. As carnes bovinas vêm inteiras. Por exemplo, um traseiro de boi é composto por alcatra, lombo, coxão, ponta de agulha e assim por diante. Nós precisamos separar essas partes para poder vender ao consumidor, mas para a vigilância isso é proibido.


3º A remarcação de validade em um item específico, não foi feita por nós, veio da empresa que nos forneceu essa mercadoria.


4º Foram encontrados dois pães na área de venda dentro da validade, porém estavam com bolor. Certamente quem pegasse aquele pão, ou até mesmo quem passaria no caixa, iria perceber.


5º Quem nos conhece sabe que não trabalhamos com carnes sem procedência, muito menos com carne de cavalo ou de cachorro, como estão falando por aí. Querem a verdade, estamos de portas abertas para maiores esclarecimentos e dúvidas. Antes de espalhar fake news, procurem saber o que estão falando. Estamos à disposição para qualquer dúvida.”

– Quase uma tonelada de alimentos vencidos e com fungo é encontrada em mercados em Tubarão

Mercados de Tubarão que vendiam alimentos vencidos e com fungo não têm alvará

Fonte: Redes Sociais/Instagram