Principal Blog Nilton Veronesi Justiça condena DMA a pagar R$30 mil a aluna que recebeu diploma falso
Justiça condena DMA a pagar R$30 mil a aluna que recebeu diploma falso

Justiça condena DMA a pagar R$30 mil a aluna que recebeu diploma falso

0
0

Acompanho o drama dos ex-alunos do Grupo Educacional DMA, já há algum tempo. Famílias foram destruídas. Não foi um caso isolado, nem político.

Nos últimos dias, duas grandes notícias, para os que têm sede de justiça. A primeira, veio na sexta-feira (17), quando o Ministério Público de Santa Catarina denunciou quatro representantes do Grupo DMA por associação criminosa e crime contra o consumidor. Vale lembrar que essa denúncia do MPSC é referente só a meia dúzia de alunos lesados. Muita coisa ainda está sendo investigada, inclusive pela Polícia Federal, já que foi falsificado documentos referentes ao Ministério da Educação.

Outra baita notícia veio ontem, com a primeira condenação. É bom ressaltar que foi uma decisão em 1ª instância e os envolvidos podem recorrer. Mesmo assim uma vitória. O juiz Edir Josias Silveira Becker condenou o Grupo DMA a pagar R$30 mil a uma aluna por danos morais, lesada como tantos outras. Na condenação o magistrado disse ainda que “as empresas envolvidas devem ressarcir a quantia referente aos gastos com formaturas, mensalidades e custas com advogado” .

Os crimes cometidos, nada tem a ver com o papel do principal responsável do Grupo DMA, como vereador em Tubarão. Agora, com a denúncia do MPSC e com essa primeira condenação, preciso registrar a injustiça cometida com o Noticom e com alguns ex-alunos, quando alguns políticos e veículos de imprensa da cidade minimizaram as falcatruas e falaram que todo movimento se deu por estarmos em ano eleitoral.