Principal Últimas Governo do Estado realiza mais de 100 atendimentos para auxiliar cidades atingidas pelas chuvas
Governo do Estado realiza mais de 100 atendimentos para auxiliar cidades atingidas pelas chuvas

Governo do Estado realiza mais de 100 atendimentos para auxiliar cidades atingidas pelas chuvas

0
0

As equipes do Governo do Estado se mantêm mobilizadas no atendimento às ocorrências geradas pelas fortes chuvas que atingiram Santa Catarina. O governador Carlos Moisés acompanha os desdobramentos dos atendimentos realizados pelo Corpo de Bombeiros Militar e pela Defesa Civil. Até o momento, os municípios de Pescaria Brava e Laguna decretaram situação de emergência e estão com documentação em homologação.

“As equipes mobilizadas pelo Governo do Estado já estão auxiliando a população das cidades atingidas pelas chuvas, vento e granizo desde a noite de terça-feira, em diversas regiões do Estado. Nossa força-tarefa está prestando assistência imediata para todas as famílias que foram atingidas, em um esforço conjunto de Defesa Civil de Estado e municípios, Corpo de Bombeiros Militar e prefeituras”, afirmou Carlos Moisés.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC), entre as 8h e as 14h da quarta-feira, 9, quase 100 atendimentos foram realizados pelos sete batalhões do litoral catarinense, com destaque para Tubarão e região, que tiveram mais de 30 atendimentos, além de Itajaí e Balneário Camboriú, com mais de 20 atendimentos cada. Durante o dia, foram acionadas as equipes de Força-Tarefa, utilizadas em situações extremas pelo CBMSC. Estes números representam apenas as ocorrências relacionadas com situação causada pelas chuvas.

Atuaram a FT 07, do batalhão de Itajaí, a FT 08, do batalhão de Tubarão e a FT 13, do batalhão de Balneário Camboriú. As cidades mais afetadas nesta quarta foram Imaruí, Camboriú e Itajaí. Também foi utilizado o helicóptero Arcanjo 03, que fica na base de Blumenau, para sobrevoo de análise da situação em Camboriú e região.

Entre as ocorrências atendidas estão a remoção de pessoas de residências e transporte em botes, desobstrução de vias, corte de árvores que representam riscos, distribuição de lonas. Em Laguna uma escola infantil precisou ser evacuada.

Defesa Civil sobrevoa áreas atingidas


Foto: Divulgação/DefesaCivilSC

Ainda na tarde de quarta-feira, o chefe da Defesa Civil, David Christian Busarello, sobrevoou as cidades mais atingidas pelas chuvas. O município de Canelinha, na Grande Florianópolis, foi o que teve o maior volume de precipitação nas últimas 24 horas, de 287 mm. Cerca de 146 pessoas estão desabrigadas ou desalojadas.

Em Brusque, no Vale do Itajaí, houve deslizamento com queda de muro no bairro Paquetá, onde foram registrados apenas danos materiais. No Bairro Limeira já existem danos à infraestrutura pública (pontilhões) e residências atingidas pelos alagamentos. As equipes da Defesa Civil municipal atuam no município e há possibilidade de abertura de um abrigo para acomodar famílias atingidas.

A Defesa Civil mantém o alerta para o risco de novos deslizamentos e desmoronamentos, porque o solo está encharcado.