Principal Últimas Em Destaque Governo cria regramentos para retorno das casas noturnas no Estado
Governo cria regramentos para retorno das casas noturnas no Estado

Governo cria regramentos para retorno das casas noturnas no Estado

0
0

O Governo de Santa Catarina publicou a portaria 744, que estabelece critérios para o funcionamento monitorado de casas noturnas, boates, pubs, casas de shows e afins nas regiões que estiverem no Risco Potencial Moderado (representado na matriz de avaliação com a cor azul) e apenas com 50% do público permitido pelo Corpo de Bombeiros Militar. As outras áreas de risco – Gravíssimo (cor vermelha), Grave (cor laranja) e Alto (cor amarela) permanecem com funcionamento proibido.

Nas regiões com Risco Potencial Moderado, as casas noturnas, boates, pubs e casas de shows precisarão garantir controle de entrada, aferir temperatura de cada pessoa, a utilização de máscara nas dependências do estabelecimento, o distanciamento social, com espaços demarcados, além de disponibilizar pontos estratégicos do estabelecimento com álcool em gel, medidas de proteção e fornecer constante higienização. Ficam proibidas, igualmente, realizar atividades promocionais que possam causar aglomerações, como ingresso liberado ou promoção de bebidas.

“Estamos vivendo um impacto na economia por conta dessa pandemia e algumas atividades sofrem mais do que outras, infelizmente. Nos últimos dias, a SES publicou algumas portarias regulamentando atividades. As regras estão sendo postas, entendemos que o impacto é cruel ao setor, mas nossa obrigação como profissionais de saúde é deixar regras claras para que essas atividades sejam retomadas de forma segura”, disse o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Os locais também devem realizar diariamente procedimentos que garantam a higienização dos ambientes, intensificando a limpeza com desinfetantes próprios. Quanto aos músicos e bandas musicais, estabelece-se que os horários para montagem e desmontagem dos equipamentos precisam ser diferenciados e ficam proibidos contatos físicos entre integrantes da banda, carregadores, músicos e demais funcionários com o público nos dias do evento.