Principal Últimas Em Destaque Golpe do diploma falso continua na Amurel
Golpe do diploma falso continua na Amurel

Golpe do diploma falso continua na Amurel

0
0

A picaretagem não tem limites. O golpe dos diplomas falsos continua na região. Depois de lesar centenas e centenas de pessoas em Tubarão, esse grupo de estelionatários passou agir em Treze de Maio. Agora os criminosos passam a agir em Garopaba.

Para evitar que mais cidadãos caiam no golpe, a Associação Comercial e Industrial de Capivari de Baixo enviou um nota de utilidade pública a imprensa.

Eis a nota.

“No sul de Santa Catarina, faculdade sem registro – ou com registro cancelado – realiza prática de estelionato, em pessoas de boa fé, através da entrega de certificados e diplomas de graduação sem registro – ou com registro falsificado – haja vista a ausência de autorização pelo Ministério da Educação. Antes de fazer sua matrícula, consulte pessoas de sua confiança ou acesse o portal do MEC (www.mec.gov.br ).

Associação Comercial e Industrial de Caívari de Baixo”.

Parabéns a associação. Se os órgãos de fiscalização e investigação não fazem sua parte, ao menos a entidade age com coragem para evitar que os cidadãos sejam lesados.

O Noticom já publicou matéria de capa rica em detalhes, com: diplomas falsos, históricos sem validade, nome de alunos negativados indevidamente, enfim, evidenciando toda a picaretagem aplicada por este grupo educacional, que volta a atacar em outras cidades da Amurel. Fiquem espertos cidadãos de: Treze de Maio, Imbituba e, principalmente, Garopaba.

Em Tubarão, dezenas de estudantes de: Psicologia e Pedagodia, receberam diplomas como esse, que tem cara de documento lícito, porém não reconhecido pela Faculdade de Sâo José dos Campos e, obviamente, sem credenciamento do MEC. Sim, os criminosos falsificaram o certificado utilizando nome de uma instituição com registro no ministério.