Principal ESPORTES Catarinense suspenso até 7 de agosto; jogo do Peixe é adiado
Catarinense suspenso até 7 de agosto; jogo do Peixe é adiado

Catarinense suspenso até 7 de agosto; jogo do Peixe é adiado

0
0

O Governo do Estado decretou, nesta sexta-feira (24), a prorrogação da suspensão de competições e eventos esportivos em todo o Estado até 7 de agosto de 2020, ou seja, Campeonato Catarinense volta a ser adiado. Assim, a partida do Clube Atlético Tubarão contra o Concórdia, para evitar o rebaixamento para a Série B do futebol catarinense, que iriam ocorrer na próxima segunda-feira (27) está, automaticamente, cancelada. O mesmo ocorre para o confronto do dia 31 de julho, na casa dos adversários.

O Campeonato Catarinense já foi suspenso por duas vezes em meio a pandemia. A primeira no dia 15 de março, quando encerrou a primeira fase da disputa e quando o Governo de Santa Catarina determinou quarentena em todo o Estado. A bola chegou a voltar a rolar no dia 8 de julho, mas a competição voltou a ser paralisada depois de casos positivos entre atletas de times da primeira divisão estadual. 

Ainda nesta sexta-feira (24), o Peixe publicou uma nota oficial após Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina acatar pedido de paralisação do futebol catarinense. ” Nosso objetivo é somente resguardar o equilíbrio não mais existente diante do cenário em que vivemos, sempre dentro dos limites da lei”, afirma o Clube. Veja, na íntegra, a nota:

Desde o início da paralisação do futebol catarinense em função da pandemia de COVID-19, o Clube Atlético Tubarão sempre se posicionou e buscou as melhores alternativas que levassem em consideração a saúde de seus atletas, funcionários e todas as outras pessoas envolvidas na prática esportiva.
Através de manifestações públicas ou de comunicados diretos a instituições ligadas direta ou indiretamente à realização do Campeonato Catarinense, demonstramos nossa posição sobre o cuidado com as vidas e o completo desequilíbrio técnico desportivo devido aos sucessivos acontecimentos que tornaram a volta da competição uma temeridade.
Nosso compromisso de lutar até o fim pelo que consideramos justo ganhou mais um elemento hoje, quando o Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC) acatou, em caráter liminar, um dos pleitos solicitados. O documento assinado pelo relator Rodrigo Bayer, vice-presidente do TJD traz o seguinte trecho:
– Concedo parcialmente a tutela de urgência pretendida, decidindo, liminarmente, pela suspensão da homologação do descenso para o Campeonato Catarinense de Futebol Profissional da Série “B” de 2021 até o julgamento final da presente Medida Cautelar Inominada perante o E. Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol de Santa Catarina.
Ressaltamos que nosso objetivo é somente resguardar o equilíbrio não mais existente diante do cenário em que vivemos, sempre dentro dos limites da lei.
E principalmente, seguimos com nosso maior princípio: priorizar as vidas dos envolvidos no clube e buscar as melhores soluções de acordo com tudo aquilo que está ao nosso alcance.