Principal Últimas Ex-policial militar condenado por matar cinco pessoas da mesma família é preso em Laguna
Ex-policial militar condenado por matar cinco pessoas da mesma família é preso em Laguna

Ex-policial militar condenado por matar cinco pessoas da mesma família é preso em Laguna

0
0

Um ex-policial militar condenado por matar cinco pessoas da mesma família em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, foi preso em Laguna. O homem estava foragido e foi localizado pela polícia em um apartamento no Mar Grosso. Ronaldo dos Santos, de 57 anos, era subtenente da reserva e morava em Tubarão quando cometeu os crimes. Após ser condenado, Ronaldo foi expulso da corporação. Os crimes aconteceram em 2016.

Segundo a Polícia Militar, o ex-PM estava foragido da Justiça há por volta de dois anos, desde o julgamento que o condenou pelos assassinatos. Após ser preso, ele foi conduzido à Unidade Prisional de Laguna e colocado à disposição da Justiça. Os corpos das vítimas foram encontrados no dia 2 de junho de 2016 em adiantado estado de decomposição, no interior de uma casa no bairro Jardim Itú-Sabara, Zona Norte de Porto Alegre.

As vítimas foram: Lourdes Felipe, 64 anos, seus filhos Walmyr Felipe Figueiró, 29, e Luciane Felipe Figueiró, 32, além dos netos João Pedro Figueiró, cinco anos, e Miguel, de um mês. Segundo o Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS), quatro pessoas foram assassinadas com um tiro de revólver calibre 22 na cabeça, e o bebê morreu por asfixia.

Com informações do Jornal Diário do Sul