Principal GERAL Estudo do estacionamento rotativo é apresentado em audiência pública
Estudo do estacionamento rotativo é apresentado em audiência pública

Estudo do estacionamento rotativo é apresentado em audiência pública

0
0

Mais um passo importante foi dado rumo à implantação do estacionamento rotativo, em Tubarão. Na tarde desta quarta-feira (28), foi realizada uma audiência pública para a apresentação do estudo e projeto de viabilidade técnica e econômica do projeto. Durante quatro meses, servidores da prefeitura e técnicos da empresa Paraná Sul, contratada pelo governo municipal, discutiram diversos pontos.

A consultoria técnica foi empregada para que a administração pudesse responder todos os questionamentos feitos pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que solicitou dezenas de pareceres para aprovar o processo de licitação da concessão do serviço. O levantamento, feito pelo consultor Geferson Mozzer, demonstrou que o sistema só funciona, quando a forma de pagamento é acessível. “O estacionamento rotativo é uma ferramenta de gestão de trânsito e para torná-lo viável, partimos do ponto de conveniência de utilização, sugerindo diversas formas de pagamento, pois é o fácil acesso ao pagamento que torna o sistema viável. Não há um modelo ideal, o ideal é aquele que funciona para a cidade”, explica Geferson.

Cinco meios de pagamento da ocupação da vaga foram sugeridos: débito automático, aplicativo em smartphone, parquímetro pessoal, portal (site) e pontos de vendas (PVD). Com base no número de vagas, o estudo apontou que o valor da hora deve ser R$ 3,00 para veículos. Algumas vagas poderão ser ocupadas pelo mesmo veículo por até duas horas, enquanto outras estarão disponíveis, para o mesmo automóvel, por até quatro horas. Na primeira etapa, serão demarcadas 1,2 mil vagas para carros e 400 para motos, na região central.

A prefeitura pretende encaminhar a documentação para o Tribunal de Contas do Estado (TCE), até segunda-feira (5). A expectativa é que o novo sistema esteja em funcionamento no segundo semestre deste ano. “Quando a empresa vencedora for conhecida, deve levar no máximo 60 dias para implantar o sistema”, adianta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Alexandre Moraes.

Frota – Tubarão tem, atualmente, quase 46 mil veículos de passeio cadastrados. São 17.500 a mais do que havia em 2007, quando a frota girava em torno de 28.500 automóveis. Projeções indicam que se o crescimento continuar nesse ritmo, em 2027, o município terá quase 75 mil automóveis, sem considerar os que são emplacados nas cidades vizinhas, mas que circulam em Tubarão.

Foto: Marcelo Becker