Principal Últimas Em Destaque Empresa do RS vence licitação para construir nova ponte entre Capivari de Baixo e Tubarão
Empresa do RS vence licitação para construir nova ponte entre Capivari de Baixo e Tubarão

Empresa do RS vence licitação para construir nova ponte entre Capivari de Baixo e Tubarão

0
0

A vencedora do longo processo licitatório para a construção da Ponte Capivari de Baixo/Tubarão foi definida na tarde desta quinta-feira (4), na sede da Amurel, após a abertura dos envelopes de propostas.

A Traçado Construções e Serviços LTDA., de Erechim (RS), venceu o certame com a proposta aprovada de R$ 18.663.163,86, bem abaixo do limite do valor global estabelecido: R$ 20.564.554,60. Os recursos são provenientes do governo do Estado, não havendo ônus aos dois municípios. O resultado da licitação é uma economia de R$ 1.901.390,74 do erário.

A empresa tem quase 27 anos de atuação e, recentemente, construiu a Ponte Paulinho May, em Tubarão. Iniciou trajetória em 1995, com pavimentações asfálticas municipais, em seguida, traçou outros nichos no mercado, como obras viárias e transporte e, a partir de 2005, na execução de obras de Arte Especiais (pontes, viadutos, passarelas). Hoje, atua em todo o Brasil, com sede administrativa no Rio Grande do Sul.

Capivari de Baixo já deve iniciar, muito em breve, um replanejamento urbano no entorno da cabeceira do seu lado da ponte, no bairro Santo André. A intenção inicial é que seja criado um novo anel viário de acesso à região central do município e também à BR-101, deixando o trânsito com ainda mais fluidez e segurança. “A nova ponte vai dar um novo porte à cidade. Grandes obras trazem amplo desenvolvimento. Hoje, é um dia especial não só aos capivarienses, mas também aos nossos amigos de Tubarão, pois muitos de lá trabalham e têm família aqui e vice-versa”, compara.

A Engedal fez a proposta de R$ 20.856.118,04, valor acima do máximo previsto e por isso foi desclassificada. As empresas terão um prazo de cinco dias úteis a contar da data de publicação do resultado para entrar com recurso. Esgotado o prazo será homologada a licitação e assinados o contrato e ordem de serviço. A partir da ordem de serviço a empresa terá o prazo de dois anos para concluir a obra.