Principal GERAL De infectado a curado: Pe. Sérgio Jeremias comemora recuperação da covid-19 no dia do aniversário
De infectado a curado: Pe. Sérgio Jeremias comemora recuperação da covid-19 no dia do aniversário

De infectado a curado: Pe. Sérgio Jeremias comemora recuperação da covid-19 no dia do aniversário

0
0

“O dom da vida”. É assim que o padre Sérgio Jeremias, pároco da Paróquia São José Operário, no bairro Oficinas, em Tubarão, inicia seu relato de vencer a covid-19. Nesta sexta-feira (7), após 17 dias de isolamento, o católico pode comemorar o aniversário como sobrevivente do novo coronavírus. 

“Meu organismo já produz anticorpos contra esta maldita doença. Este é meu maior presente de aniversário: a vida que me presenteou o bom Deus e que quero continuar a doar em favor dos irmãos e irmãs”, diz ele. 

Pe. Sérgio completa 55 anos. Em sua postagem, ele detalha que teve alguns sintomas da doença como dores, falta de apetite, febre, tosse, entre outros. Com o apoio médico e de padres da diocese, está recuperado e de volta às atividades. Veja o relato na íntegra:

O DOM DA VIDA!
Estimados amigos, colegas, colaboradores, paroquianos. Ha exatos 17 dias tive os primeiros sinais de que poderia estar com COVID. Logo nos primeiros sintomas e sem ter contato com ninguém procurei imediatamente meu médico e anjo da guarda, Dr. Felipe Viana.
Fizemos todos os exames possíveis e, no mesmo dia, orientado por ele, me isolei da paróquia. DESCANSE, disse ele, tome todas as medicações e prepare-se porque será uma batalha ganha hora por hora, dia por dia. Faremos de tudo para evitar, se possível, Uma hospitalização. E ASSIM COMECEI UMA LENTA E MUITO, MUITO DOLOROSA RECUPERAÇÃO.
Os primeiros 7 dias foram os piores: muita dor, falta de ar, tosse, sem apetite, sem sentir cheiro ou sabor algum, calafrios de febre… Mas estava me medicando, sendo acompanhado e tentando viver uma hora, um dia de cada vez. A meu pedido, só souberam com exatidão de minha situação alguns de meus amigos e colaboradores mais próximos: Padre Rogerio, Padre Jose Eduardo Bitencourt, Magda nosso braço direito na paróquia, nosso secretário Serginho, meu afilhado Jean e sua esposa Morgana, bem como o senhor Bispo.
DIGA QUE ESTOU DESCANSANDO, orientei ao padre Rogerio, para evitar uma enxurrada de mensagens e telefonemas preocupantes, bem como fakenews que muitas vezes nos sepultam ainda em vida.
E FOI VERDADEIRAMENTE UMA RECUPERAÇÃO CONSEGUIDA LENTAMENTE com medicação, descanso, cuidados e muita oração. E houve uma manhã de Ressurreição: após 7 dias, tudo começou a mudar lentamente mas significativamente. As dores foram sumindo, a falta de ar ia cedendo lugar a uma respiração lenta mas prazerosa, a tosse cessou, o paladar e o cheiro voltaram.
Em resumo: HOJE, dia 7 de agosto, dia de meu aniversário, 17 dias após, ganho alta de meu isolamento. Meu organismo já produz anticorpos contra esta maldita doença. Este é meu maior presente de aniversário: a vida que me presenteou o bom Deus e que quero continuar a doar em favor dos irmãos e irmãs. Peço perdão se não pude abrir o jogo para todos, fiz isto para não preocupar ninguém e me preservar na tranquilidade de meu isolamento e recuperação. Sou grato a tantas pessoas que nestes dias tiveram o rosto Do amor cuidador: Padre Rogério, padre José Eduardo, Magda, Jean, Morgana, Alceu, Stella e Raquel (Irmãs do padre Jose Eduardo), Serginho, Dr. Nelson e sobretudo, Dr. Felipe Viana, incansável guerreiro neste tempo de pandemia. Os terei sempre em minhas orações!! Deus os abençoe! Voltemos às atividades! Voltemos à evangelização, voltemos à VIDA. Obrigado a todos (as) pelas orações.

Pe. Sergio Jeremias de Souza, 7 de agosto 2020.