Principal ESPORTES Criciúma rescinde contratos com seis jogadores e demite 32 funcionários
Criciúma rescinde contratos com seis jogadores e demite 32 funcionários

Criciúma rescinde contratos com seis jogadores e demite 32 funcionários

0
0

O Criciúma oficializou na tarde desta sexta-feira (24), as medidas que estão sendo tomadas dentro do clube para manter as contas em dia. Com os campeonatos esportivos suspensos por tempo indeterminado, o Tigre sofreu impacto na arrecadação.

Em comunicado divulgado hoje, a diretoria tricolor anunciou que não irá renovar contrato com seis jogadores profissionais que estão na reta final do vínculo. Para os demais atletas, o clube realizou negociação individual, propondo a redução de salários por 60 dias.

“Os demais atletas celebraram acordo individual para ajuste de contrato e redução de salário por até 60 dias, podendo ser retomado a qualquer tempo, conforme o retorno das competições. Ainda, cinco integrantes da comissão técnica e administração do time profissional tiveram seus contratos rescindidos”, informa a nota divulgada pelo Criciúma.

Outros setores do clube também foram atingidos pela queda de arrecadação. A diretoria do Tigre comunicou a demissão de 32 funcionários nas áreas administrativa, manutenção, comercial e secretaria. Os profissionais que permanecem no quadro de colaboradores do Criciúma também terão readequação de contrato.

Todas estas medidas foram necessárias para adequação ao momento em que vivemos, e aproveitamos para agradecer aos sócios, e para renovar nosso pedido para que continuem pagando suas mensalidades em dia; pois esta receita é imprescindível para a manutenção financeira do clube neste período”, acrescenta a diretoria do Criciúma. Veja abaixo a nota na íntegra.