Principal Últimas Em Destaque Com mais um lote de vacinas entregue, SC promete ampliar público-alvo
Com mais um lote de vacinas entregue, SC promete ampliar público-alvo

Com mais um lote de vacinas entregue, SC promete ampliar público-alvo

0
0

Restando poucos minutos para o término da terça-feira (25) desembarcou, em Florianópolis, 203.250 doses da vacina Astrazeneca/Fiocruz.

Há a previsão, ainda, de que mais um lote com 21 mil doses da vacina produzida pela farmacêutica Pfizer desembarque na capital, nesta quarta-feira, por volta das 19h.

Do lote que já está em solo catarinense, as doses foram encaminhadas a Central Estadual de Rede de Frio, em São José, onde a equipe da Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) para a distribuição para as unidades credenciadas.

A pulverização das doses, que vai acontecer na tarde desta quarta, visa ampliar o número de pessoas que irão receber a D1 (dose 1). Com essa remessa o Estado soma um total de 3.206.200 doses de vacinas contra a Covid-19 recebidas até o momento.

“O Estado de Santa Catarina sempre distribuiu as vacinas com agilidade e, agora, é preciso que os municípios avancem na vacinação das comorbidades e dos outros grupos prioritários”, destacou o secretário André Motta Ribeiro.

André Motta estará em Brasília, entre quarta e quinta-feira, para cumprir agenda junto ao Ministério da Saúde.

“Os estados do Sul enfrentarão um período de inverno em que, tradicionalmente, ocorre um aumento no número de casos de doenças respiratórias. Portanto, solicitaremos o uso de reserva emergencial das vacinas para atender a população dessas regiões, para que possamos passar esse período de sazonalidade com a maior parte da população protegida”, afirmou o chefe da pasta.

Estado vai receber mais um lote nesta quarta

Está prevista para a noite desta quarta, perto das 19h, uma remessa com mais 21.060 doses da vacina do laboratório Pfizer.

As doses desta vacina serão encaminhadas para os 12 municípios que já tiveram suas equipes capacitadas e apresentam estrutura para armazenamento do imunizante (Florianópolis, São José, Palhoça, Biguaçu, Balneário Camboriú, Itajaí, Blumenau, Brusque, Joinville, Jaraguá do Sul, Tubarão, Criciúma e Araranguá).

A expansão para outros municípios será realizada de forma gradual, assim que os técnicos forem capacitados.

Com a chegada destes lotes será possível enviar doses para que os municípios possam dar continuidade à vacinação de pessoas de 18 a 59 anos de idade portadoras de comorbidades e de deficiência permanente grave.

Além disso deve avançar a vacinação do grupo de trabalhadores de educação pública e privada, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade, pessoas em situação de rua, trabalhadores do transporte aéreo e portuário.

“Essas doses vieram em um momento bastante oportuno para que se consiga avançar na vacinação dos grupos prioritários. Os municípios devem garantir tanto a aplicação quanto o registro de doses de forma oportuna, para que possamos acompanhar a evolução dos indicadores de cobertura vacinal em todo o estado”, conclui João Augusto Brancher Fuck, diretor da Dive.

Governador destaca o avanço da vacina em mais setores

Pouco depois da chegada do lote no terminal de cargas do antigo Aeroporto Internacional Hercílio Luz, o governador Carlos Moisés usou seu perfil na rede social para confirmar a chegada, além de lembrar o início da vacinação em outros setores da sociedade.

No início da semana Moisés já havia antecipado o projeto para vacinar profissionais da educação e moradores de rua. Moisés ainda lembrou da intensificação da imunização dos profissionais de segurança pública.

Com informações do site ND Mais