Principal GERAL Colaboradores do bem comemoram dois anos de trabalho voluntário
Colaboradores do bem comemoram dois anos de trabalho voluntário

Colaboradores do bem comemoram dois anos de trabalho voluntário

0
0

Há dois anos, um grupo de tubaronenses se reuniu para ajudar pessoas em vulnerabilidade social, como moradores de rua, pessoas doentes e gestantes carentes. Assim surgiu os Colaboradores do Bem, em abril de 2016.

Para celebrar essa data, será feita uma confraternização na próxima sexta-feira (20), às 20h, no Clube 29. Os ingressos custam R$ 30 mais um quilo de alimento não perecível ou produto de higiene de adulto ou bebê. No evento será servido um bufê de café colonial.

A fundadora, professora Rosangela Gomes de Carvalho, explica que a ajuda pode ser feita o ano todo. As ações são organizadas por meio de um grupo no Facebook. Apesar de hoje contar com cerca de 3,7 mil participantes, ainda faltam pessoas mais engajadas na causa. Uma das atividades do grupo são as jantas nas quartas-feiras, distribuídas para moradores de rua.

Outros trabalhos são enxovais para futuras mães de baixa renda, entrega de cestas básicas a famílias cadastradas em programas de assistência social, ou com situação de necessidade eventual, dias da beleza para mulheres com câncer em outubro, ceia natalina com entrega de presentes em dezembro, materiais escolares para alunos carentes, leites especiais para bebês e enfermos, entre outros.

Ro, como é conhecida pelos colaboradores, explica que há uma seleção rigorosa para avaliar quem será beneficiado. “Fazemos visita prévia e, caso seja constatada real necessidade, é feito um registro por família atendida. Moradores de rua que vivem em nossa cidade também são cadastrados. Já os que estão de passagem não registramos, mas doamos o alimento. Esse é o único projeto do qual a seleção não é rigorosa”, explica. Após atender todos os moradores, caso haja marmitas a mais, a equipe doa para quem queira comer. A voluntária explica que para o futuro, estão sendo estudadas possibilidades de projetos culturais de incentivo à arte e leitura.

A entrada para confraternização será limitada, então os interessados em participar e ajudar a continuar esse trabalho voluntário podem entrar em contato pelos telefones (48) 99679-8790, com a Ro, (48) 99907-9307, com a voluntária Elizandra Oliveira, ou no (48) 99985-5140, com a Daiana Germano. Não haverá lucro com venda dos convites, o valor é apenas para cobrir os gastos e arrecadar fundo para as ações. O grupo também busca um decorador para ajudar na organização do evento.

Foto: Gilmar Estevam