Principal GERAL Chuvas causam transtornos em São Ludgero
Chuvas causam transtornos em São Ludgero

Chuvas causam transtornos em São Ludgero

0
0


Fazia um bom tempo que em São Ludgero não caia uma chuva tão forte e intensa como a de ontem, domingo, 10, resultando em desmoronamentos de barreiras, alagamentos de trechos de algumas ruas, água entrando em casa e um muro entre residências com deslocamento. A boa integração existente entre Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e setores da Administração Municipal está oportunizando uma maior eficiência nos trabalhos. A previsão é que a chuva continuará durante a semana.

As ações já iniciaram no domingo a noite pela equipe da Secretaria de Obras em relação às liberações de vias públicas com os desmoronamentos. O Corpo de Bombeiros de São Ludgero foi acionado para atender uma família que teve sua residência alagada no bairro Madre Tereza.

O Secretário de Obras, Viação e Urbanismo, Afonso Boeing, informa que os trabalhos seguem durante o dia no sentido de garantir a ida e vinda da população. “A prioridade está sendo os pontos comprometidos e nossa equipe está trabalhando de forma integrada”, pontua.

O Coordenador da Defesa Civil, Júlio Pozza, diz que as informações estão chegando da comunidade, bem como das secretarias municipais. “No caso da casa alagada na Madre Tereza o Corpo de Bombeiros atendeu no domingo e nós vamos interditar, sendo que a família já foi encaminhada para a Secretaria de Assistência Social para verificação do apoio possível”, explica. Ele acrescenta que hoje, segunda-feira, também aconteceu o deslocamento de um muro dentre duas residências e a Defesa Civil já solicitou um laudo técnico sobre a situação. “O Corpo de Bombeiros já esteve no local e agora um laudo técnico dirá qual o risco de ambas as residências”, completa o Coordenador. Ele aproveita para pedir à população que tenha cautela em relação a locais alagados. “É preciso que as pessoas fiquem atentas e na dúvida saiam das residências e não sigam viagem com veículos”, ressalta.

O prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, sobre os estragos diz que a Administração Municipal está dando o suporte em relação às estradas e famílias. “Tudo que é permitido e possível estamos fazendo”, revela. Ele lembra que já fazia um bom tempo que não chovia com tanta intensidade. “O nível dos riachos subiram muito e chegaram a locais que fazia tempo que não chegavam”, informa. Ele completa dizendo que os investimentos preventivos feitos ao longo dos últimos anos pela Administração contribuíram em muito na minimização dos transtornos. “Teve estragos, mas até o momento situações controláveis”, resume.

Rompimento de açudes também aconteceu em propriedades diante chuva intensa iniciada no domingo.

Casa é evacuada pelo Corpo de Bombeiros

Ontem, por volta das 21h, uma casa foi tomada pelas águas, na Rua Jacó Becker, no bairro Madre Tereza. Quando os bombeiros chegaram, havia uma lâmina de aproximadamente dez centímetros. A residência foi interditada e os quatro moradores retirados do local.


Fernando Sombrio/Repórter Sul

Fonte: Imprensa PMSL / Foto: