Principal Últimas Em Destaque Catedral Diocesana de Tubarão é invadida, vandalizada e furtada
Catedral Diocesana de Tubarão é invadida, vandalizada e furtada

Catedral Diocesana de Tubarão é invadida, vandalizada e furtada

0
0

Pela terceira vez em três anos, a Catedral Diocesana de Tubarão e o Centro de Atividades da igreja foram invadidos por vândalos.

Desta vez, o crime ocorreu entre 5h e 6h desta terça-feira, dia 27, e os suspeitos entraram nos locais após quebrarem janelas. A ação foi flagrada pelas câmeras de segurança e as imagens já foram entregues às polícias Civil e Militar da cidade, que investigam o caso.

Segundo o pároco da Catedral de Tubarão, padre Eduardo Rocha, todos os espaços da Catedral e do Centro de Atividades foram invadidos e vasculhados. “Bagunçaram tudo e levaram diversos objetos. Ainda estamos fazendo o levantamento do que foi furtado, principalmente no Centro. Na Catedral, foi mais vandalismo mesmo. Jogaram pedras, quebraram vitrais e danificaram peças usadas na liturgia”, explica o padre Eduardo.

Imagens sagradas que ficam no interior da igreja quase foram danificadas. Uma televisão de 32 polegadas, utilizada no projeto Escolinha de Jesus, está entre os objetos furtados. Até o fim da tarde de ontem, os suspeitos não tinham sido localizados.

De acordo com a instituição, essa já é a terceira vez em três anos que um crime desse tipo é registrado. Em outubro de 2019, as câmeras do Centro de Atividades também flagraram um homem invadindo o local e furtando moedas. No ano passado, vasos com plantas que estavam do lado de fora da Catedral foram furtados por um casal. Também em 2020, a Livraria Diocesana de Tubarão, ao lado da igreja, foi alvo de duas tentativas de furto.

Com informações do Jornal Diário do Sul