Principal Últimas Calorão, frente fria e ciclone deixam SC em alerta para temporais, ventania e queda de granizo
Calorão, frente fria e ciclone deixam SC em alerta para temporais, ventania e queda de granizo

Calorão, frente fria e ciclone deixam SC em alerta para temporais, ventania e queda de granizo

0
0

Depois de um domingo (26) com chuva forte e queda de granizo, Santa Catarina começa a semana com risco de novos temporais. Segundo a Defesa Civil, pelo menos nove regiões têm possibilidade de ocorrências relacionadas ao mau tempo.

O alerta ocorre pela combinação dos seguintes fatores: o forte calor (com máximas perto de 40°C), uma frente fria que se desloca pelo oceano (sistema de chuva) e um ciclone extratropical (que tem seu centro no mar, na altura do Litoral do RS).

De acordo com a Defesa Civil, há risco de temporais isolados acompanhados de descargas elétricas, fortes rajadas de vento e eventual queda de granizo entre a tarde e a noite desta segunda (27).

Cidades da Grande Florianópolis, Vale do Itajaí, Planalto Norte e Litoral Norte (em laranja no mapa abaixo) são as que tem maior chance de ocorrências por conta dos temporais. Nas áreas em amarelo e verde o risco é menor.

Veja o alerta da Defesa Civil na íntegra

“Previsão: A partir do final da manhã, o calor combinado a uma frente fria, que se desloca pelo oceano associada a um ciclone extratropical com centro no mar na altura do Litoral do RS, provoca pancadas de chuva e temporais do centro ao leste do estado. Os maiores acumulados de chuva, assim como os temporais mais intensos (com raios, rajadas fortes de vento e granizo) são esperados na Grande Florianópolis, Vale do Itajaí, Planalto Norte e Litoral Norte, regiões em laranja no mapa, onde o risco para ocorrências associadas aos temporais e a enxurrada é alto. O risco para ocorrências associadas aos temporais é moderado na área em amarelo e baixo na área em verde no mapa.”

Como se proteger em caso de tempestades:

Busque um local abrigado, longe de árvores, placas, postes de energia e de outros objetos que possam ser arremessados;
Em local abrigado, fique longe das janelas, desligue os aparelhos eletrônicos e lembre-se, o banheiro de alvenaria é um local muito seguro;
Na praia, jamais fique na água.

Semana terá chuvas de verão

Os dias de sol com “chuvas de verão” devem continuar em Santa Catarina durante a semana. Na terça-feira (28), conforme a Epagri/Ciram, a previsão é de sol com algumas nuvens, com chances de pancadas de chuva entre a tarde e a noite do Planalto ao Litoral.

A condição permanece a mesma na quarta (29) e na quinta-feira, (30). Segundo a Epagri/Ciram, o dia será de sol no Estado, com mais nuvens no Litoral e região Norte. Já no Oeste e Meio-Oeste há o risco de temporais localizados.

Temperatura de 40°C em SC

A Epagri/Ciram também alerta para altas temperaturas em cidades do Oeste e Meio-Oeste. O calorão deve ocorrer entre segunda e terça-feira. O motivo é uma massa de ar quente predominante em Santa Catarina.

De acordo com órgão, há possibilidade de os termômetros registrarem entre 34°C e 38°C nos próximos dias. Na região do Extremo Oeste, há possibilidade da temperatura chegar aos 40°C.

O tempo quente e a falta de chuva têm agravado ainda mais a estiagem na região. Xaxim, por exemplo, decretou situação de emergência na última quarta-feira (22).

Segundo a prefeitura, o documento leva em conta a falta considerável de chuva desde 2019.

Grande Florianópolis registra estragos

Por outro lado, a chuva que atingiu Santa Catarina neste domingo (26), causou estragos e falta de energia elétrica em algumas cidades da Grande Florianópolis, Norte e Vale do Itajaí.

Em Angelina, quintais ficaram cobertos de granizo e telhados e carros foram danificados pelo fenômeno. No Alto Vale, cidades como Chapadão do Lageado, Imbuia, Vidal Ramos, Rio do Oeste e Leoberto Leal ficaram com mais da metade dos imóveis sem energia elétrica. Já em Timbó, árvores caíram e ao menos quatro ruas ficaram alagadas.

Presidente Getúlio, que há um ano passou por uma tragédia climática, o forte vento que acompanhou a chuva derrubou uma estrutura de zinco de uma casa, atingindo a rede de energia elétrica e obstruindo uma rua. Além disso, três postes caíram em via pública, o que mobilizou equipes da Celesc.

Com informações do NSCTotal