Principal Últimas Balsa do Rio Araranguá é paralisada até início de junho
Balsa do Rio Araranguá é paralisada até início de junho

Balsa do Rio Araranguá é paralisada até início de junho

0
0

Uma obra anunciada pelo governo do município de Araranguá gerou a paralisação da balsa do Rio Araranguá, que liga o Morro dos Conventos ao bairro Hercílio Luz. Isso porque a Prefeitura informou o início das obras de pavimentação asfáltica na estrada que dá acesso à embarcação. De acordo com a Administração Municipal, as obras irão gerar ao menos 20 dias de interdição da via, o que impossibilita a circulação de veículos até a chegada à balsa.

Simultaneamente a isso, a balsa também receberá serviços de reparos e manutenções necessárias para, de acordo com o município, garantir a segurança de todos que circulam pelo local e atravessar o Rio Araranguá. Os trabalhos no local também contarão com a participação e orientação do Departamento Municipal de Trânsito (Demutram). A balsa já está inoperante desde o último sábado, dia 8.

De acordo com a diretora do Demutran, Regina Espindula, a balsa continuará com seus serviços paralisados por conta da necessidade de manutenção requerida pela Marinha Brasileira. Ainda segundo ela, a reforma pela qual o mecanismo de transporte e travessia do rio irá passar é obrigatória e imprescindível para garantir a segurança de seus usuários e funcionários.

“A balsa esta parada devido as obras de pavimentação da via de acesso a balsa, onde em breve iniciará a construção da ponte. Como já teríamos que parar, aproveitamos para fazer uma reforma que está precisando. Esperamos voltar na primeira quinzena de junho”, projeta Regina.

Questionada sobre a necessidade de os moradores terem que pagar pedágio no caminho alternativo, já que a balsa está paralisada, ela informou que isso também já ocorre com os moradores de outras localidades que moram em Araranguá e trabalham em Maracajá. “Infelizmente o pedágio é federal e não temos influência sobre ele”, ressalta Regina.

Convênio entre Estado e Prefeitura 

Uma ponte está em fase inicial de construção no local. De acordo com a empresa responsável pela execução da ponte, em aproximadamente um ano e seis meses, caso não haja atrasos, a ponte estará concluída. A obra é de responsabilidade da Prefeitura de Araranguá, com recursos oriundos do Governo do Estado.

De acordo com o secretário de Obras de Araranguá, Alfredo Afrânio Ronconi, a empresa responsável pelas obras se instalou no município na semana passada e já começou a preparar o pátio de manobra onde os equipamentos serão instalados para a construção da ponte. “Então já está dando andamento para seguir a obra. Houve alguns atrasos, como a elaboração de projeto de sinalização náutica, projeto de sinalização da obra, que a gente teve que providenciar, porque que a outra administração não tinha feito”, revela Ronconi.

Além disso, ele conta que também foi preciso realizar uma sondagem de rocha. “A gente teve que notificar a empresa, eles vieram e finalizaram a sondagem. Agora é dar andamento de forma normal como a gente espera”, projeta Ronconi.

A travessia entre o Morro dos Conventos e o Balneário de Ilhas, terá 250 metros de extensão sobre o Rio Araranguá. O repasse estadual é de R$ 15,8 milhões, com uma contrapartida da prefeitura de aproximadamente R$ 2,7 milhões. Ao todo, serão R$ 18,5 milhões investidos. Além da ponte, o valor também cobrirá o asfaltamento do acesso de ambos os lados da ponte, com aproximadamente cinco quilômetros ao todo.

Com informações do TNSul