Principal ESPORTES Autorizado: Governo de Santa Catarina confirma a volta do futebol profissional no Estado
Autorizado: Governo de Santa Catarina confirma a volta do futebol profissional no Estado

Autorizado: Governo de Santa Catarina confirma a volta do futebol profissional no Estado

0
0

O Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta segunda-feira, dia 6, a portaria nº 466, que autoriza a retomada dos jogos de futebol profissional no Estado.

Na portaria, a SES proíbe a presença da torcida nos estádios. “Fica terminantemente proibida a presença de público em todos os jogos de futebol profissional, tanto nas arquibancadas como nos espaços que rodeiam os gramados, áreas privativas de circulação dos estádios e inclusive em camarotes quando existirem”, aponta a publicação. “

Nos dias de jogos somente poderão acessar ao clube e às suas dependências os atletas, dirigentes, trabalhadores diretamente envolvidos nos jogos e em número reduzido ao mínimo necessário, sem comprometimento de ordem organizacional, administrativa e de segurança”, acrescenta o documento.

As novas regras, também são válidas para jogadores dentro de campo. Um dos atos característico do futebol, a troca de camisas entre os jogadores, por exemplo, foi um dos vetos da SES. “Fica proibida a troca ou a doação de uniformes usados durante as partidas, entre os atletas ou para outros, as rodas de aquecimento e confraternizações pré e pós jogo, assim como o cumprimento físico inicial e final entre jogadores e com a equipe de arbitragem, É terminantemente proibida a presença de menores nos dia”, traz a portaria.

Retorno do futebol reuniu Polícia Militar e torcidas organizadas
A volta do futebol em Santa Catarina também contou com reunião envolvendo a Polícia Militar (PM) e as torcidas organizadas. O objetivo foi apresentar as restrições aos torcedores em consequência da epidemia de Covid-19 e tirar dúvidas das associações sobre do que será permitido no retorno do Campeonato Catarinense. Não será permitida aglomeração no entorno dos estádios, bem como o comércio de bebidas alcoólicas e ambulantes.

Mais de dez representantes das organizadas, juntamente com os comandantes dos batalhões onde há jogos oficiais, estavam presentes virtualmente, já que a reunião foi por videoconferência. Ao final do encontro, o sub-comandante geral da PM de Santa Catarina, coronel Marcelo Pontes, destacou a responsabilidade dos representantes de torcidas no processo. “Aproveitamos para repassar essas orientações e a importância que as torcidas tem de informar e nortear os seus associados para que o campeonato possa reiniciar com tranquilidade”, concluiu.