Principal EDUCAÇÃO Aula inaugural do Colégio Militar atrai bom público ao Cine Mussi
Aula inaugural do Colégio Militar atrai bom público ao Cine Mussi

Aula inaugural do Colégio Militar atrai bom público ao Cine Mussi

0
0

“O Colégio Militar veio para ficar, está dando certo e já é uma grande referência na região”. A fala é do major Peterson do Livramento, que assumiu oficialmente a função de diretor-geral do Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires – Unidade de Laguna e resume a acolhida do sistema de ensino militar no município. A posse aconteceu junto da aula inauguração que marca o início simbólico do estabelecimento de ensino na cidade juliana.

O evento realizado na noite de segunda-feira, 10, no Cine Teatro Mussi, contou com grande público, ansioso para conhecer os 70 primeiros estudantes das duas turmas de 6º ano de ensino fundamental. A seleção ocorreu no final do ano passado em processo de escolha, coordenado pela Polícia Militar.

“Milhares de crianças queriam ter essa oportunidade e vocês foram escolhidos. Muitos municípios queriam ser a sede de um colégio militar, mas Laguna foi a escolhida por ser o mais antigo projeto […] a sociedade abraçou e conseguimos fixar aqui a sede”, disse o coronel Jefer Francisco Fernandes, ex-comandante da PM de Laguna e atual gestor da região policial militar de Tubarão.

A cerimônia foi acompanhada atentamente por pais e responsáveis, equipe do colégio, e autoridades civis e militares. “A gente está orgulhoso de todo o trabalho que há quatro anos vimos empreendendo e é uma realidade. Muitos não acreditavam, achavam que era mentira, eleitoreira, e está aí o Colégio Militar instalado em Laguna. Era um desejo de todos os municípios e nós conseguimos superar as dificuldades que foram aparecendo [para termos a unidade]”, avalia o prefeito Mauro Candemil (MDB).

A aula magna contou com a palestra do jornalista e escritor Luiz Carlos Prates. Declarado defensor do sistema de ensino militar, em sua apresentação destacou a importância da hierarquia, disciplina e da valorização da família. “As famílias estão terceirizando a educação”, lamenta. “Uma escola policial militar encaminha as crianças para o bem e assim teremos uma sociedade melhor”, afirma.

As aulas foram iniciadas na última quarta-feira, 5, com uma recepção aos 70 estudantes no polo de ensino à distância no município. Desde segunda-feira, 10, eles estão recebendo as aulas curriculares.

O colégio funciona provisoriamente no bairro Portinho, enquanto as obras de restauro e ampliação da escola Jerônimo Coelho, no Centro Histórico, não são concluídas. A previsão é entregar o prédio ainda no primeiro semestre letivo.

Fonte: Agora Laguna