Principal Blog Nilton Veronesi Futsal fez Tubarão ser a Cidade Azul e…Dourada
Futsal fez Tubarão ser a Cidade Azul e…Dourada

Futsal fez Tubarão ser a Cidade Azul e…Dourada

0
0

Não sou muito chegado a clichês. Aliás, odeio. Dizer que MERECIMENTO é a palavra que define um título numa modalidade esportiva é chover no molhado.

O título conquistado por Tubarão nos Jogos Abertos de Santa Catarina, em Caçador, na noite de ontem, teve de tudo e o ouro não podia ir pra outra cidade por uma série de motivos e vou tentar repassar aos meus leitores.

  • O ouro já deveria ter vindo ano passado quando Tubarão foi “garfado” pela arbitragem na final contra Concórdia.
  • O projeto do futsal em Tubarão é uma realidade. Já deu a oportunidade a centenas de crianças e adolescentes, que talvez não vislumbravam um futuro muito legal e acabaram encontrando no esporte valores indispensáveis ao homem de bem.
  • Pessoas como o presidente Eduardo Rigotti, o vice-prefeito Caio Tokarski, empresas como Orbenk e Prolincon, enfim, pessoas e instituições que nunca desistiram do futsal mesmo diante de alguns reveses e nunca deixaram de doar o seu trabalho ou apoiar financeiramente o projeto.
  • A Prefeitura de Tubarão – e não falo só desta gestão – que deu suporte através de convênios.

Alguns jogadores tem sido essenciais. O Evandro Borges, um verdadeiro “siri na tarrafa”, atormentou o sistema defensivo adversário e mesmo diante de uma contusão na última rodada na LNF antes do JASC, foi pro choque, se recuperou e sua convocação a Seleção Brasileira – não tenho dúvida – não foi um fato isolado e ocorrerão outras vezes num futuro próximo. O Pakito que talvez seja o jogador mais identificado com o projeto, tanto que foi capitão nos “Jogos”, e tem aparecido em momentos decisivos com seus gols e sua experiência. Ps.: das certezas que temos na vida, uma é a morte, outra é gol do Pakito. A gurizada da base – Jedi, Dudu, Acco, Henrique(Ministro da Defesa) que deram sustentação aos quintetos e jogaram bem demais. Foram oito atletas do projeto presentes na conquista. O técnico Thiago Raupp, meu xará de apelido (Gordo), gravem esse nome, em poucos anos será dos grandes treinadores do Brasil e quiçá do mundo(não é exagero, anotem). Ele deu um padrão de jogo que há muito tempo não víamos no futsal tubaronense.

Nominar é sempre ruim, pois sempre esquecemos um ou outro, mas todos os envolvidos serão lembrados na história. Tubarão, a Cidade Azul e Dourada. Parabéns!