Principal GERAL Com arrecadação em baixa, Prefeitura de Capivari determina contenção de despesas
Com arrecadação em baixa, Prefeitura de Capivari determina contenção de despesas

Com arrecadação em baixa, Prefeitura de Capivari determina contenção de despesas

0
0

Conforme antecipado na semana passada, quando a paralisação dos caminhoneiros e de simpatizantes à greve nos transportes rodoviários ainda não havia sido encerrada, o prefeito Nivaldo de Sousa publicou nota circular nesta quarta-feira (6) ratificando o que havia comunicado informalmente naquela data sobre a necessidade de contenção de despesas, em razão da queda de arrecadação prevista para os próximos meses.

Pelos próximos 60 dias está proibida a realização de horas-extras e de novas contratações, excetuando-se as necessidades devido às substituições de pessoas.

A Administração Municipal também solicita a redução consciente no uso de combustíveis, de realização de diárias  e no consumo de energia, água e telefone, utilizando somente se necessário. Pede o aproveitando da iluminação natural, apagando-se as luzes ao sair da sala, desligando os aparelhos de ar condicionado, computadores e demais eletroeletrônicos que não necessitam ficar ligados.

A Administração pede ainda que materiais de expediente e insumos sejam utilizados de forma racional, evitando-se o desperdício, zelando sempre pelo reaproveitamento, quando possível.

As compras ficarão restritas, mantendo-se apenas as necessárias ao bom funcionamento da Administração. No período de dois meses a prioridade da destinação dos recursos será o atendimento das necessidades básicas da população e pagamento das despesas de pessoal da Administração Pública Municipal.

Ao final do período será feita uma avaliação da situação para verificar a necessidade ou não de manutenção do regime excepcionalmente implantado.

Leia em anexo a íntegra do documento.

Ofício Circular n. 005 – Greve dos Caminhoneiros.output