Principal GERAL Prefeitura de Tubarão prepara decreto de situação de emergência
Prefeitura de Tubarão prepara decreto de situação de emergência

Prefeitura de Tubarão prepara decreto de situação de emergência

0
0

O prefeito Joares Ponticelli e o vice-prefeito Caio Tokarski reuniram-se, em caráter emergencial, na tarde desta sexta-feira (25), com os secretários municipais, para traçar um panorama da atual situação do município, mediante a crise instalada em todo o país, em virtude da paralisação dos caminhoneiros.

Cada secretário relatou as medidas que já foram tomadas e as que serão colocadas em prática nos próximos dias. Segundo o prefeito, todas estas medidas são necessárias para preservar o mínimo de atendimento à população.

“Estamos preocupados com a situação e sabemos que todos nós seremos afetados. A nossa intenção é minimizar os impactos e vamos fazer o que for possível para que possamos passar por mais este período conturbado de nossa história de uma forma mais amena”, frisa Ponticelli.

Um decreto que estabelece a situação de emergência está sendo elaborado, alinhado com o governo do Estado. “Muitos municípios do país e de Santa Catarina já assinaram o decreto e vamos acompanhar as orientações dos órgãos competentes”, atesta o prefeito. O gestor-coordenador de Proteção e Defesa Civil, Djalma Alves, vai coordenar o processo conforme orientações da Defesa Civil Estadual.

Saúde – O pouco combustível restante na frota da Fundação de Saúde será reservado para os casos de emergência, como transporte de pacientes urgentes e para as ambulâncias do Samu. Outra medida adotada será a realocação dos servidores da fundação. Os servidores irão atuar nos postos de saúde próximos às suas residências. Medicamentos, materiais de expediente e de enfermagem são entregues diariamente nos postos, para que os pacientes não precisem se deslocar à farmácia central.

Educação – A frota não está circulando e a aulas foram suspensas por prazo indeterminado. As escolas estão fechadas e somente os serviços da sede administrativa da Fundação Municipal de Educação ainda são mantidos.

Desenvolvimento Social – Estão mantidas somente as visitas domiciliares de urgência. Prestação de serviços em abrigos e do Conselho Tutelar, considerados essenciais, serão mantidos, contudo o atendimento nos Centros de Convivência (CRAS) não serão oferecidos nos próximos dias.

Infraestrutura – Será mantido o serviço de drenagem próximo à Arena Multiuso e paralisado o que estava sendo realizado próximo ao Batalhão da Polícia Militar. Os equipamentos que possuem combustível serão preservados para os casos de emergência.

Funat – Servidores da Fundação de Meio Ambiente vão ficar de plantão para atender somente às exigências do Ministério Público.

Desenvolvimento Econômico – Equipes atenderão somente os serviços veterinários de emergência.

Foto: Marcelo Becker