Principal SEGURANÇA Quatro pessoas são assassinadas nesta quinta-feira
Quatro pessoas são assassinadas nesta quinta-feira

Quatro pessoas são assassinadas nesta quinta-feira

0
0

Quatro pessoas foram vítimas de homicídio nesta quinta-feira (17) na região. Em Garopaba, na comunidade da Serraria, no bairro Encantada, um homem e uma mulher foram encontrados mortos, por volta das 8h40. A suspeita é que tenha sido um crime passional. No bairro São Martinho, em Tubarão, mãe e filha, de 42 e 13 anos, respectivamente, foram esfaqueadas.

Conforme a Polícia Militar (PM) da Cidade Azul, a adolescente levou duas facadas no peito e a mulher foi atingida diversas vezes no abdômen. Às 14h, o Corpo de Bombeiros e Samu foram acionados, realizaram os primeiros atendimentos e tentativas de reanimação. Ambas foram encaminhadas ao Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC) e os óbitos foram confirmados por volta das 15h50.

O suposto responsável pelo crime é um rapaz de 21 anos com esquizofrenia, irmão e filho das vítimas, e o crime teria ocorrido durante um surto psicótico. A guarnição o encontrou em uma fábrica perto ao local do crime, seminu, sujo de sangue e falando coisas sem sentido. Ele foi sedado e internado no HNSC e está sob custódia da PM.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) e a Polícia Civil continuarão os procedimentos em relação ao auto de infração em flagrante. Segundo familiares, recentemente ele havia sido internado, em Laguna, para um tratamento psiquiátrico. Depois da alta, ele passou a se recusar a continuar o tratamento por meio de medicamentos.

Já em Garopaba, de acordo com o Samu, a equipe foi acionada com a informação que eram duas pessoas feridas por arma de fogo. Foi solicitado apoio do Corpo de Bombeiros, pois ainda não havia confirmação sobre a gravidade do ocorrido. Porém, ao chegar no local, os socorristas constataram a ausência de sinais vitais.

O Instituto Médico Legal (IML) recolheu os corpos. A Polícia Civil foi acionada para investigar os homicídios. Segundo informações preliminares, o principal suspeito foi até a obra onde seu primo de segundo grau trabalha e atirou uma vez em seu abdômen e outra na cabeça. Em seguida, foi até a própria casa, que fica a 300 metros da obra, e assassinou sua esposa com dois disparos na cabeça. Ele fugiu antes da chegada dos policiais e do Samu. A PM continua as buscas e pede que caso alguém tenha qualquer informação sobre o caso acione imediatamente o 190.

Foto: Polícia Militar de Garopaba