Principal SAÚDE Tubarão é o segundo município mais atingido por influenza em Santa Catarina
Tubarão é o segundo município mais atingido por influenza em Santa Catarina

Tubarão é o segundo município mais atingido por influenza em Santa Catarina

0
0

O último boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC), divulgado nesta quinta-feira (10), revelou que o número de casos de gripe registrados da região da Amurel subiu para oito. Braço do Norte continua com dois, Tubarão subiu para cinco e um surgiu em Laguna. A Cidade Azul fica atrás apenas de Florianópolis, com 15 registros.

Ao todo, são 52 pacientes que já foram infectados neste ano no Estado. Destes, cerca de 70% tinham prioridade para vacina: 18 são doentes crônicos, dez são idosos, quatro gestantes, três obesos e um é criança. Até então houve cinco mortes, em Florianópolis, Jaraguá do Sul e São José.

O Dia D da Vacinação contra a Influenza ocorre em todo país neste sábado (12). A data, considerada a data mais importante de mobilização nacional, visa diminuir o impacto da gripe em todo o país, já que inclui os grupos com fator de risco. Cerca de 70% das pessoas que tiveram gripe em 2018, tinham prioridade para vacina: 18 são doentes crônicos, dez são idosos, quatro gestantes, três obesos e um é criança.

Durante a ação, os postos de vacinação de todo o estado estarão abertos das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia. Em Tubarão, todos as unidades de saúde do município possuem as doses, além da Policlínica e unidade de vacinação central, na rua Rui Barbosa.

Até esta quinta-feira (10), apenas 40% da meta de cobertura foi atingida. A 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza seguirá até o dia 1º de junho. A recomendação é que a dose seja feita o quanto antes, já que o efeito pode demorar até duas semanas.

“O clima ainda não esfriou, as doenças respiratórias não estão tão evidentes, mas se as pessoas já forem se protegendo, quando chegar já vão estar com os anticorpos para prevenir essas doenças”, ressalta a coordenadora de imunização da gerência de saúde, Shaiane Salvador.

Quem tem direito de se vacinar?

  • Idosos com 60 anos ou mais de idade
  • Crianças com a faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos de idade
  • Gestantes
  • Puérperas (até 45 dias após o parto)
  • Trabalhadores da saúde
  • Professores das escolas públicas e privadas
  • Povos indígenas
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional

Foto: Eduardo Zabot