Principal ENTRETENIMENTO Projeto usa energia solar para trazer sessões gratuitas de filmes ao ar livre
Projeto usa energia solar para trazer sessões gratuitas de filmes ao ar livre

Projeto usa energia solar para trazer sessões gratuitas de filmes ao ar livre

0
0

O projeto Cinesolarzinho, primeiro cinema itinerante do Brasil que exibe filmes a partir da energia solar, estará em Imbituba na próxima terça-feira (8), na praça da Divinéia. Haverá duas sessões gratuitas, às 18h30 e 20h, com cerca de uma hora de exibição cada. Um apresentador fará a mediação entre o público e o filme, que é voltado para crianças e famílias.

Durante o evento, ocorre a Eco Estúdio Solar – uma exposição tecnológica sustentável que apresenta os princípios básicos da energia solar. A Oficina de Cinema (Oficinemas Solares) também será realizada, onde, além de participarem de uma introdução ao mundo audiovisual, as crianças produzirão um curta-metragem, que será exibido à noite, junto com os outros curtas da programação.

A van é equipada com placas solares e um sistema conversor de energia exibe os filmes. Dentro do veículo, há cerca de 100 assentos, telão com metragem de 200 polegadas, sistema de projeção e som e um estúdio de gravação. Outras sete cidades catarinenses também receberão o programa, sempre em locais públicos, como praças e quadras esportivas. O objetivo é promover ações sustentáveis por meio do cinema ao ar livre e democratizar o acesso às produções audiovisuais.

Imbituba
Data: 8 de maio
Horários: 18h30 e 20h
Local das sessões: Praça da Divinéia, à rua Aritiano Gonçalves, s/n (ao lado do Colégio Álvaro Catão), na Vila Nova Alvorada (em caso de chuva será no Salão do Centro Comunitário da Divinéia (Centro Comunitário Padre Luiz Itamar da Gosta), à rua Aritiano Gonçalves s/n, na Vila Nova Alvorada.
Horário da Oficina de Cinema: 14h às 17h, no Salão do Centro Comunitária da Divinéia.

Sobre o Projeto

Equipado com placas solares e um sistema conversor de energia, um veículo viaja por várias regiões para realizar sessões gratuitas de cinema. O projeto utiliza energia limpa e renovável para exibições de filmes, unindo arte, cinema e sustentabilidade. O Cinesolar realizou cerca de 500 sessões com a exibição de mais de 30 longas-metragens e 100 curtas metragens com a temática socioambiental em 260 cidades do Brasil. O Cinesolarzinho é a versão infatil do projeto.

Foto: Murilo Durães