Principal SEGURANÇA Nova fase da operação Consumo Seguro interdita duas cozinhas
Nova fase da operação Consumo Seguro interdita duas cozinhas

Nova fase da operação Consumo Seguro interdita duas cozinhas

0
0

Uma nova fase da operação Consumo Seguro foi deflagrada na manhã desta terça-feira (3). A Polícia Civil, por meio da delegacia de Trânsito e Crimes Ambientais (DTCA), em conjunto com a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Fatma, Vigilância Sanitária e a delegacia de Laguna participaram da ação.

Cerca de 300 quilos de alimentos irregulares expostos na cozinha de um posto de combustíveis, no Centro de Tubarão, foram apreendidos. Em Laguna, no bairro de Cabeçudas, em um restaurante dos mesmos proprietários, foram encontrados alimentos sem procedência, reaproveitamento e manipulação irregular de alimentos. A cozinha de ambos locais foram interditadas.

Como desdobramento da operação, policiais da DTCA e técnicos da Fatma investigaram uma fazenda do mesmo grupo, situada no bairro Congonhas, onde constataram indícios de crimes ambientais, como descarte irregular de esgoto sanitário diretamente em um córrego, além de um depósito irregular de centenas de pneus, partes de veículos e embalagens de produtos químicos.

De acordo com o delegado Rubem Antonio Teston da Silva da DTCA, os alimentos eram vendidos no local e abasteciam as conveniências de outros postos de combustíveis do mesmo grupo. Um inquérito policial foi instaurado por crime contra a relação de consumo e contra o consumidor nos estabelecimentos comerciais e crime ambiental na fazenda.

Na semana passada, aproximadamente sete toneladas de alimentos impróprios para o consumo por prazo de validade vencido, acondicionamento inadequado e produtos congelados expostos à venda sem estarem congelados também foram apreendidos de seis mercados tubaronenses.

Foto: Polícia Civil