Principal Blog Matheus Aguiar Chapecoense mereceu vencer
Chapecoense mereceu vencer

Chapecoense mereceu vencer

0
0

A Chapecoense foi superior ao Tubarão e mereceu tomar gol no segundo tempo. O time do Oeste abriu 2×0 na primeira etapa por causa da qualidade dos seus jogadores, sobretudo dos pontas, Guilherme e Osman.

Na segunda metade do jogo recuou suas linhas e administrou o placar. Se armou para buscar contra ataques, mas o bom desempenho do Tubarão nos 45 minutos finais impediram algum lance de perigo da Chape. Belliato assistiu o jogo no segundo tempo. Se não fosse Jandrei – e a trave -, o Atlético balançaria as redes do goleiro que já jogou aqui e que não toma gols faz muito tempo.

Waguinho Dias voltou a apostar no 4-2-3-1 e, outra vez, não foi feliz. Perdeu o meio campo e ficou muito exposto no primeiro tempo, justamente contra um time superior a todos os outros em Santa Catarina. A lesão – grave, infelizmente – de Assis logo no início fez o técnico pensar em voltar a jogar com um 4-4-2 losango, tanto que Guilherme Amorim foi chamado. Mas Dias desistiu e foi de David Batista. Com isso, o artilheiro do time no Campeonato Catarinense, Matheus Batista, fez o lado esquerdo de ataque – com menos oportunidades de gol, evidentemente.

Prefiro o Tubarão mais consistente no meio e dando mais cobertura ao setor defensivo. Os meias centrais cobrem as subidas dos bons Marcos Vinícius e Jean. Mas o Tubarão de ontem me desagrada, mesmo que a vitória tenha sido natural, porque a Chapecoense sobre no Estado.

 

Foto: Comunicação CA Tubarão