Principal SEGURANÇA Dupla suspeita de caçar animais silvestres é presa
Dupla suspeita de caçar animais silvestres é presa

Dupla suspeita de caçar animais silvestres é presa

0
0

Dois homens foram presos em flagrante nesta terça-feira (13) por policiais civis das delegacias de Grão Pará e Braço do Norte, na divisa da Serra do Corvo Branco com a Serra Furada. A prisão ocorreu enquanto a guarnição cumpria mandados de busca e apreensão que tinham como objetivo identificar caçadores que usavam a região para práticas ilegais.

As investigações iniciaram a partir de denúncias, onde era relatado sobre a ação ilegal de um grupo de caçadores na região do costão da Serra do Corvo Branco, inclusive invadindo outras propriedades em busca de animais silvestres.

Na residência dos suspeitos, foi apreendido uma espingarda, munições de diversos calibres e vasto material para recarga de cartuchos. Eles foram presos por posse irregular de arma de fogo e munição, cuja pena é de um a três anos de prisão e multa.

Javali é encontrado preso na carroceria de caminhonete

Na último domingo (11), a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) da Serra do Rio do Rastro parou uma caminhonete Toyota Hilux, com placas de Braço do Norte, que se preparava para deixar a Serra Catarinense e encontrou um Javali vivo preso em uma caixa na carroceria do veículo.

Os dois homens que estavam no carro relataram que o animal selvagem era um presente que haviam recebido em São Joaquim. Porém, os policiais não acreditaram, já que havia um cachorro, vivo também, ao lado da caixa onde o Javali estava preso. A suspeita é que o animal tenha sido fruto de uma caçada.

A Polícia Ambiental foi acionada para dar a destinação ao Javali apreendido. O proprietário da caminhonete poderá responder pelo transporte não autorizado do animal selvagem.

Foto: Divulgação