Principal GERAL Vistorias são realizadas para o Planejamento Operacional das Eleições 2018
Vistorias são realizadas para o Planejamento Operacional das Eleições 2018

Vistorias são realizadas para o Planejamento Operacional das Eleições 2018

0
0

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC) iniciou, na última semana, a primeira vistoria dos quase 3.800 locais de votação distribuídos entre as 98 Zonas Eleitorais do estado. A ação é uma das atividades previstas no Planejamento Operacional das Eleições 2018, e busca avaliar os locais das seções que irão receber os mais de cinco milhões de eleitores catarinenses no dia 7 de outubro.

Até 25 de abril, os servidores dos cartórios eleitorais realizarão as inspeções, que possibilitarão atualizar a base de dados da Justiça Eleitoral, aprimorar a logística da distribuição e recolhimento das urnas eletrônicas, além de avaliar a infraestrutura dos locais acerca da acessibilidade e instalações elétricas.

A partir do levantamento, o TRE-SC pode verificar necessidades desde a aquisição de equipamentos elétricos até a solicitação, junto aos órgãos municipais e estaduais, de ajustes na infraestrutura que garantam a acessibilidade e o exercício do voto de pessoas com deficiência.

O chefe da Seção de Logística de Eleições, Paulo Dionísio Fernandes, explica que as vistorias podem acontecer in loco (quando o servidor visita o local) ou via formulário, preenchido pelo próprio mantenedor do lugar. Paulo também ressalta que a vistoria inicial é a primeira etapa do planejamento, seguida pelo processo de adequação dos locais e pela vistoria final, em agosto.

Cadastramento biométrico

Ainda em vista as eleições de 2018, o prazo para o cadastramento biométrico segue até o dia 9 de maio. Moradores que ainda não realizaram o procedimento devem realizar o agendamento para o cadastro no site do TRE-SC. Também é possível ser atendido de forma espontânea, porém o tempo de espera pode ser maior.

É necessário apresentar documento original com foto, em bom estado de conservação, título de eleitor e comprovante de residência atualizado. Caso o comprovante esteja no nome de terceiros, o morador deverá comprovar a relação com o proprietário. Durante o atendimento também serão atualizados os dados pessoais e eleitorais. São registradas ainda assinatura, foto e impressões digitais de todos os dedos das duas mãos. A atualização dura por volta de 10 minutos.

Foto: TRE-SC