Principal ESPORTES Tubarão luta, mas é desclassificado da Copa do Brasil
Tubarão luta, mas é desclassificado da Copa do Brasil

Tubarão luta, mas é desclassificado da Copa do Brasil

0
0

O Tubarão não conseguiu a classificação na Copa do Brasil, mas fez história em Curitiba. Jogando na capital do Paraná nesta quarta-feira (21), o Peixe não alcançou a vaga na próxima fase por detalhes. O Atlético chegou a virar a partida duas vezes, mas não aguentou a pressão do Furação e de sua torcida na Arena da Baixada.

Após um primeiro tempo morno, sem gols, ninguém esperava que a emoção tomaria conta da partida na segunda etapa. O Atlético Paranaense marcou o primeiro com o atacante Bergson, aos 6 minutos da etapa complementar. O Peixe foi valente e virou o jogo, com gols de Matheus Barbosa e Matheus Batista. O clube de Curitiba não se abalou e também virou o placar, com tentos de Matheus Rossetto e Guilherme. O jogo “maluco” desta quarta-feira ainda reservou uma nova virada do Tubarão, com gols de Lucas Costa e Daniel Costa – este último aos 39 da segunda etapa de partida.

No finalzinho da partida o Atlético Paranaense conseguiu, com a ajuda do seu torcedor, virar novamente a partida. Thiago Heleno empatou aos 45 e Felipe Gedoz virou aos 47. “Foi um jogão que ficará marcado para sempre na história da Copa do Brasil. Eu estou muito contente com a nossa atuação, não com o resultado. Fico muito orgulhoso com a forma que o time atuou. Hoje conseguimos mostrar para todo o país o potencial deste clube”. destaca o técnico Waguinho Dias.

Esta foi a primeira vez que o Tubarão participou da Copa do Brasil. O Peixe venceu o América de Natal na primeira fase, por 2×0. O Atlético tem um dos ataque mais positivos do Brasil nesse início de ano. Já são 12 gols no Campeonato Catarinense – o segundo melhor da competição -, além dos sete anotados no torneio nacional. “No Catarinense, nós temos apenas um gol a menos que o Figueirense, o melhor ataque da competição. E isso ficou provado neste confronto com o Atlético-PR. Não nos intimidados quando saímos atrás no placar, buscamos a vitória a todo momento. Perdemos o jogo no detalhe, mas não seria injusto se saíssemos com a vitória daqui” afirma o treinador.

Agora, a delegação retorna à Tubarão para a disputa do Campeonato Catarinense. No domingo, às 16h, no Domingos González, o time recebe o Hercílio Luz, na primeira rodada do segundo turno. No dia 22 de abril, o clube faz sua estreia na Série D, em casa, contra o Cianorte.

Foto: Comunicação CA Tubarão