Principal GERAL Primeira sessão do ano com protesto na Câmara
Primeira sessão do ano com protesto na Câmara

Primeira sessão do ano com protesto na Câmara

0
0

A primeira sessão do ano do Câmara de Vereadores de Tubarão deve registrar um dos maiores públicos do ano. O encontro desta segunda-feira, 5, promete ser quente por causa de uma manifestação popular organizada para protestar contra o reajuste do IPTU na Cidade Azul. O valor do aumento na Planta Genérica de Valores foi de 50%, no fim do ano passado.

Mesmo sendo de competência do executivo, o poder legislativo deu aval para o reajuste. Em votação realizada nos últimos dias de 2017, 14 dos 17 vereadores votaram a favor do projeto de lei de aumento da taxa. Portanto, a manifestação desta segunda, às 19h, nas galerias da casa, quer pressionar os vereadores a mudar de opinião – mesmo que a aprovação já tenha acontecido. Na ocasião, três edis votaram contra: Paulão (PT), Chumbinho (PSDB) e Douglas Antunes (PMDB). Vale lembrar que o ato de repúdio inicia antes. Às 18h, em frente ao Centro Municipal de Cultura Willy Zumblick, os manifestantes se reúnem e partem em direção à sede do legislativo em caminhada. Mais de 100 pessoas já confirmaram presença, através das redes sociais.

Para 2018, a Câmara de Vereadores de Tubarão continua com seis bancadas – PP, PSDB, PSD, PMDB, PT e PPS. Já o orçamento do legislativo da Cidade Azul aumenta em relação ao ano passado. Vai de R$ 6.3 milhões para R$ 8.5 milhões. Ou seja, R$ 2.2 milhões a mais que em 2017. Cerca de R$ 1.2 milhão, conforme a presidência, será reservado à construção de uma nova sede.

Foto: Câmara de Vereadores de Tubarão/Noticom